Aeroporto de Dourados passa a contar com esteira de bagagens

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Já está sendo utilizado pelos usuários o sistema de esteira de bagagens da sala de desembarque do Aeroporto Francisco de Matos Pereira, de Dourados. O processo de licitação, realizado pela Secretaria de Planejamento, foi um pouco demorado já que na primeira fase não houve interessados.

Usuários do aeroporto já utilizam a esteira de bagagens; Prefeitura finaliza esta semana as obras de infraestrutura
Usuários do aeroporto já utilizam a esteira de bagagens; Prefeitura finaliza esta semana as obras de infraestrutura

Na segunda licitação a empresa Umu torno, de Umuarama (PR), venceu o certame no valor de R$ 74.990,00 para construir e instalar a esteira de bagagem modular circular, tipo O, de 5,75 metros de comprimento por 2,75 de largura. A esteira já foi entregue e instalada.

A Prefeitura trabalha esta semana para finalizar as obras no local onde foi instalada a esteira, que estão sendo executadas pela Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos). Para comportar a esteira a sala de desembarque foi ampliada. Para concluir esta obra falta apenas a colocação de forro e pintura.

A esteira garante mais agilidade para os usuários, que antes precisavam aguardar a entrega pessoal de cada mala. Agora elas giram na esteira, o que garante também mais conforto e modernidade no processo de desembarque, assim como ocorre nos grandes aeroportos.

É mais um processo na modernização da infraestrutura do aeroporto pelo prefeito Murilo, enquanto aguarda a construção do novo aeroporto. É um projeto que Murilo vem lutando por ele desde 2012.

Somente este ano houve algum avanço no projeto global do governo federal e o licenciamento ambiental está sendo feito pelo Governo do Estado. A Prefeitura já fez a sua parte no licenciamento e encaminhou a documentação ao Imasul (Instituo de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

As ações de Murilo, desde que ele era vice-governador, resultaram num investimento de R$ mais de 6 milhões no aeroporto, na parte de pista, segurança e estação de passageiros. Esses investimentos possibilitaram voos diretos para São Paulo e conexões para mais de 100 destinos, operados pela Azul e Passaredo. Com relação ao projeto que tramita no Governo Federal a previsão é de que sejam investidos R$ 40 milhões nas obras. Os recursos são do Fnac (Fundo Nacional da Aviação Civil). De acordo com o cenário aprovado pelo governo, a pista passará para 2.125 metros de comprimento por 45 metros de largura, mais as Resas (áreas de segurança nas cabeceiras) com 90×90 metros. Será construída ainda uma nova taxiway (acesso à pista) e novo SCI (Serviço de Combate à Incêndio), maior e mais moderno.

O pátio de estacionamento de aeronaves passará dos atuais 9 mil m² para 16.880 m², com 4 posições para embarque e desembarque simultâneos. Será construído um novo terminal de passageiros. Estão previsto ainda instalações de novos equipamentos de navegação aérea para operação de voos por instrumento para aeronaves de grande porte.

 

Da Assessoria