Governo congela ICMS por mais 15 dias para frear aumento dos combustíveis

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Na tentativa de evitar novos aumentos no valor dos combustíveis, o governo de Mato Grosso do Sul vai congelar o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entre 1º e 15 de maio.

A medida tem sido tomada neste ano para frear o repasse aplicado as bombas após constantes altas anunciadas pela Petrobras nas refinarias.

A articulação para segurar o valor do litro dos combustíveis começou no fim de fevereiro envolvendo o Poder Executivo e Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniências).

A última pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), realizada entre 11 e 17 deste mês, aponta que o preço médio da gasolina no Estado estava em R$ 5,54 e a aditivada a R$ 5,68.

O valor do etanol chegou aos R$ 4,03. O óleo diesel custou em média no período R$ 4,19 e o óleo diesel S10 R$ 4,22.