Viagens intermunicipais ficam 4% mais caras no Estado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

passagem

As passagens nas linhas de transporte intermunicipal em Mato Grosso do Sul terão reajuste de 4,19% a partir de 1° de julho deste ano. A portaria da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS) que traz a mudança foi publicada hoje (24), no Diário Oficial do Estado.

Este reajuste de 4,19% é diretamente nas tarifas praticadas pelo sistema rodoviário, que sofrem mudança a cada 12 meses, seguindo o índice de inflação previsto pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Esta alteração incide diretamente no valor das passagens ao consumidores.

Segundo a Agepan, este reajuste deveria ocorrer em abril deste ano, quando se completa 12 meses da revisão da tarifa, no entanto em função da pandemia do coronavírus, este aumento foi adiado e só vai começar a valer a partir de julho.

O reajuste no “coeficiente tarifário” trata do valor a ser cobrado por quilômetro rodado, levando a estrutura e linha do transporte intermunicipal. Neste caso se enquadra as linhas estruturais (viagens mais longas), regionais e locais.

A Agepan ainda destaca na portaria que mediante “autorização expressa”, serão admitidos acréscimos nos valores dos coeficientes (tarifários) de linhas que ofereçam serviços diferenciados, podendo chegar a 20% a mais deste reajuste nos ônibus do modelo “executivo” e até 50% nos veículos com leitos.