MS tem empresas no Guia Turismo Acessível

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Turismo_Acessivel-2-672x372A acessibilidade é um tema que está cada vez mais em evidência no país, já que as necessidades das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida precisam ser respeitadas. E isso não é diferente no turismo, já que é uma atividade que oferece novas oportunidades, permite o convívio social, a integração e troca cultural, além de novas descobertas, o que é um direito de todos.

Em Mato Grosso do Sul, muitos empreendimentos estão adequando seus equipamentos para melhorarem a qualidade dos serviços em relação à acessibilidade. Além disso, a capacitação e sensibilização dos profissionais e gestores da cadeia produtiva do turismo é uma forma de sensibilização sobre a importância da acessibilidade como fator de inclusão social e competitividade.

No site “Guia Turismo Acessível” é possível pesquisar onde há empreendimentos cadastrados com acessibilidade em Mato Grosso do Sul, além de outros estados e o Distrito Federal. O site permite a navegação de pessoas com deficiência visual, auditiva, física/motora e intelectual. A ferramenta permite ao turista, com deficiência ou não, cadastrar e avaliar restaurantes, estabelecimentos e atrações turísticas segundo seu nível de acessibilidade. A pesquisa pode ser feita por cidade ou por tipo de estabelecimento, entre eles, restaurantes, bares, meios de hospedagens, shoppings, museus, atrativos históricos, parques, zoológicos, cinemas, serviços turísticos e atividades de lazer.

Os estabelecimentos foram adaptados de acordo com a legislação federal – Lei 10.098/2000 e Decreto 5.296/2004, que estabelecem as normas gerais para a promoção da acessibilidade. Complementarmente, se baseia na norma nBr 9050:2004 da Associação Brasileira de normas Técnicas (ABNT), a qual estabelece critérios e parâmetros técnicos a  serem observados quando do projeto, construção, instalação e adaptação de edificações,  espaços e equipamentos urbanos às condições de acessibilidade.

Para o diretor presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nelson Cintra, a acessibilidade é de suma importância para a inclusão social em todos os estabelecimentos, inclusive nos equipamentos turísticos. “Temos que ter a consciência que todo mundo tem o direito de ir e vir em qualquer lugar. No turismo não é diferente, então é importante que o setor se adapte e esteja preparado para receber bem todas as pessoas”, destaca.

Em 2014, o Ministério do Turismo lançou o Programa Turismo Acessível, um conjunto de ações que promovem a inclusão social e o acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida à atividade turística com segurança e autonomia, entre eles, o site “Guia Turismo Acessível”. (Débora Bordin/Fundtur MS).