Expectativas superadas: Mais de 95% dos turistas estrangeiros que vieram ao país pretendem voltar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

rio-de-janeiro-Búzios-Foto-Banco de imagens mtur
As cidades de Angra dos Reis e Paraty, no Rio de Janeiro, estão entre as 10 mais procuradas em 2015. (Foto: Banco de Imagens MTur).

Em 2015, o Brasil foi o destino escolhido por 6,3 milhões de turistas estrangeiros. Destes, 95,5% afirmaram que tem intenção de retornar ao país. A constatação faz parte da Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo, divulgada nesta quarta-feira (20). Ainda segundo a pesquisa, 86,5% dos entrevistados avaliaram que a viagem superou ou atendeu plenamente as expectativas. Entre os fatores que contribuíram para o alto índice de aprovação estão: hospitalidade (97,7%), gastronomia (95,7%), hospedagem (95,6%) e restaurantes (94,7%). O detalhamento completo do estudo pode ser acessado na Agência de Notícias do Turismo.

O estudo mostra ainda que 51,3% dos visitantes escolheram o país para atividades de lazer, 20,2% para negócios e eventos e 28,5% para visita a amigos, familiares, atividades educativas, de saúde ou religiosas. No quesito lazer, as praias brasileiras foram o destino preferido de 69,4% dos turistas, um crescimento de 41% em relação a 2014, seguido de natureza, ecoturismo ou aventura (15,7%) e cultura (12,1%). Os atrativos naturais também despertaram mais interesse dos estrangeiros em 2015, um crescimento de 23% em relação a 2014. Os números reforçam a posição do país no Fórum Econômico Mundial como o número um em recursos naturais.

A Argentina foi o maior emissor de turistas para o país (2.079.823), seguido dos Estados Unidos (575.796), Chile (306.331), Paraguai (301.831) e Uruguai (267.321). Os vizinhos sul-americanos representaram 54,2% do total de visitantes estrangeiros. O número pode ser explicado em razão da facilidade de acesso, por terra e também por via aérea.

“Fortalecer o Brasil como destino turístico competitivo passa necessariamente pelo fortalecimento do turismo regional e a forte presença de turistas dos países vizinhos ao Brasil mostram que estamos fazendo bem esse trabalho”, explica o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.

As cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo permanecem como os destinos mais visitados por turistas estrangeiros no Brasil. Na categoria lazer, as 10 cidades mais procuradas tiveram, em 2015, a inclusão de três novos destinos: Bombinhas (SC), Angra dos Reis (RJ) e Paraty (RJ).

 

PERFIL

A Internet foi a principal fonte de consulta dos visitantes internacionais que estiveram no Brasil em 2015, sendo utilizada por 44% dos turistas. Em 2011, ela representava 32,1% das fontes de consultas. Apesar da importância da internet, os turistas estrangeiros também recorrem a outras fontes de informação: amigos e parentes (29,5%), agência de viagens (6,1%) e guias turísticos impressos (2,9%).

Ainda segundo a pesquisa, 61,2% dos visitantes internacionais são homens e 70,4% tem nível superior ou pós-graduado. Na hora de viajar para o Brasil, 36,6% vêm sozinhos, 29,1% viajam em família e 18,2% são casais sem filho.

Foram ouvidos 35.133 turistas estrangeiros em 16 aeroportos internacionais, que representam mais de 99% do fluxo internacional aéreo; e 10 fronteiras terrestres, que representam cerca de 90% do fluxo internacional terrestre.