Influências dos italianos e alemães atraem turistas à região da Erva Mate no Rio Grande do Sul

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

rio-grandedosul-Santa Cruz do Sul-Crédito-Prefeitura Municipal
Catedral de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. (Foto: Prefeitura Municipal).

Encantado é uma das 10 cidades integrantes da rota turística da Erva Mate, no interior do Rio Grande do Sul. A cidade também é conhecida pela forte influência da imigração alemã e italiana presente, principalmente, na culinária local. Despertam a atenção dos visitantes ainda a Lagoa da Garibaldi, a seis quilômetros do centro, e a igreja Matriz de São Pedro que abriga o Memorial Santo Sudário com uma réplica da relíquia original que está em Turim, na Itália.

Ao lado, Lajeado tem a Casa de Cultura, considerada uma das mais belas do Estado. Na cidade de cerca de 70 mil habitantes, a colonização alemã deixou sua marca inconfundível presente, por exemplo, nas construções em estilo enxaimel ainda muito encontradas na cidade. Os parques do Engenho, Histórico de Lajeado e Professor Theobaldo Dick também valem uma visita. O Jardim Botânico é outra atração procurada por turistas, assim como a Praça da Matriz.

Em Santa Cruz do Sul (RS), cidade colonizada por alemães e que recebe a maior Oktoberfest do estado, muitos atrativos locais remetem à cultura germânica, como a Cervejaria Heilige, o Santuário de Schoenstatt e o Monumento ao Imigrante Alemão. A Catedral São João Batista, maior templo em estilo neogótico de toda a América Latina, impressiona pela beleza de sua construção e é um dos principais cartões-postais do município.

Já Santa Maria conta com atrativos como o Museu de Arte de Santa Maria, a Catedral do Mediador, a Catedral Metropolitana, a Basílica Nossa Senhora Medianeira e a Praça Saldanha Marinho. O voo livre é outra opção bastante procurada por turistas na região. (Gustavo Henrique Braga, do MTur).