Gastos de estrangeiros no Brasil superam 2015

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

sao-paulo
Os gastos do turista internacional nos destinos brasileiros, de janeiro a outubro, somaram US$ 5,1 bilhões. (Foto: Divulgação).

A receita cambial do turismo teve alta de 6,57% nos últimos dez meses, na comparação com o mesmo período do ano passado.  Os gastos do turista internacional nos destinos brasileiros, de janeiro a outubro, somaram US$ 5,1 bilhões contra US$ 4,79 bilhões de 2015, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Ministério do Turismo.

O resultado positivo se manteve no acumulado do ano, apesar da queda de 4,2% na receita do mês passado. Em outubro a conta dos viajantes estrangeiros ficou em US$ 434 milhões, enquanto no mesmo mês de 2015 atingiu a marca dos US$ 453 milhões.

“Estamos trabalhando forte para ampliarmos o fluxo de turistas estrangeiros e de divisas para o país. Tivemos uma experiência bem-sucedida com a isenção de vistos para quatro países durante o período da Olimpíada e agora vamos avançar nas discussões para tornar essa medida permanente e em outros temas como a criação de áreas especiais de interesse turístico”, comenta o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Já os gastos de brasileiros no exterior dispararam em outubro. Acumularam uma alta de 41,89%, na relação com o mesmo período do ano passado, embalados pela variação da cotação do dólar nos últimos meses.  Assim, a despesa cambial do turismo fechou o mês em US$ 1,42 bilhão.

No acumulado do ano, os brasileiros gastaram US$ 11,9 bilhões em destinos internacionais. As estatísticas das contas de viagens são apuradas pelo Banco Central e consideram gastos com cartões de crédito e trocas oficiais de moedas. (Do MTur).