Fortalecimento da cadeia da Guavira é tema de debate nesta sexta-feira em Bonito

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Deputado Renato Câmara é o propositor da audiência pública que vai discutir o fortalecimento e preservação dos guavirais e o aproveitamento comercial do fruto pela agricultura familiar. (Foto: Toninho Souza).
Deputado Renato Câmara é o propositor da audiência pública que vai discutir o fortalecimento e preservação dos guavirais e o aproveitamento comercial do fruto pela agricultura familiar. (Foto: Toninho Souza).

No nome da canção, do festival ou da premiação a escritores que se destacam no cenário de Mato Grosso do Sul, a Guavira agora também pode se tornar fruto de símbolo do Estado. Por sua relevância e até potencial econômico, a frutinha terá sua importância debatida em audiência pública em Bonito.

A proposta apresentada pela Assembleia Legislativa, por intermédio do deputado Renato Câmara (PMDB), em parceria com a Prefeitura e Câmara Municipal de Bonito, tem o objetivo de debater o fortalecimento e preservação dos guavirais e o aproveitamento comercial do fruto pela agricultura familiar.

A audiência será realizará no dia 15 de setembro às 08h30 no plenário “Tetê Faria”. Em Bonito, a fruta é utilizada na composição de pratos tradicionais, sorvetes, picolés, drinques e os mais antigos até utilizam a guavira para fins medicinais. Tamanha sua importância e tradição, a guavira já conquistou o privilégio de ter um festival em sua homenagem.

Geralmente realizado em novembro, época de colheita da fruta, o Festival da Guavira de Bonito é uma mistura de cultura e gastronomia. Além da variedade de pratos feitos com base na fruta, o festival ainda agrega música tradicional e exposição do artesanato local.

Com a diminuição dos guavirais em decorrência da expansão da pecuária, das lavouras e do crescimento populacional, especialistas acreditam que a melhor maneira de conservar a planta é viabilizar o seu cultivo do ponto de vista econômico, para consumo próprio e para comercialização.

Projeto de lei

O projeto de lei apresentado por Renato Câmara propõe que a Guavira seja reconhecida como fruta símbolo de MS. Conforme Renato Câmara, na prática, a proposta autoriza a inclusão da guavira em todas as divulgações turísticas do Mato Grosso do Sul, veiculadas dentro e fora do Estado.

Para o deputado, o projeto de lei também vai fortalecer o nome da fruta e possibilitará a realização de eventos e festivais gastronômicos com o tema, gerando ocupação e renda e valorizando a cultura sul-mato-grossense.

“A guavira é uma fruta típica do cerrado, de modo que com o presente projeto de lei ela terá valor simbólico cultural para o povo sul-mato-grossense. A fruta é apreciada por milhares de pessoas e nada mais justo do que esse reconhecimento”, destacou o deputado.