Conheça a história da ponte Hercílio Luz; feita ha 90 anos, um dos símbolos de Florianópolis

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Ponte Hercílio Luz à noite. Crédito-Divulgação Embratur
Ponte Hercílio Luz à noite. Um belo cartão postal de Florianópolis. (Crédito: Divulgação Embratur).

Um dos principais cartões postais de Florianópolis é a Ponte Hercílio Luz. Com 90 anos de história a ponte é tombada como patrimônio histórico, artístico e arquitetônico do Brasil. O reconhecimento leva em conta a importância da ponte que, na época em que foi construída, representou marco decisivo para o desenvolvimento de Florianópolis ao ligar a cidade com o continente. Atualmente, a obra encontra-se em fase de restauração que promete devolve-la ao uso para transito no final de 2018.

A obra foi considerada, na época, um dos grandes feitos da engenharia internacional. A ponte está fechada desde 1982 por medida de segurança, mas permanece como ponto de contemplação para turistas e moradores locais, uma vez que o mirante situado à cabeceira insular proporciona uma das mais belas vistas panorâmicas do centro da cidade. A ponte tem cerca de 820 metros de extensão e 339 metros de vão central. As torres metálicas medem cerca de 75 metros de altura.

Com a construção da ponte o governo catarinense da época imaginava superar as pressões de forças políticas interioranas que pretendiam a transferência da capital para uma área no centro do Estado. Por isso, de acordo com a Fundação Catarinense de Cultura, quando inaugurada em 1926, a Ponte Hercílio Luz (que foi chamada inicialmente ponte da Independência) teve o significado afirmativo e político de manter a capital em Florianópolis.