Asfalto de trechos das rodovias MS-178 e MS-382 melhoram acesso na região de Bonito

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

bonito-ministro-98-672x372
Reinaldo com o ministro do Turismo, Marx Beltrão, em Bonito. (Fotos Chico Ribeiro).

Obras que contribuirão para o desenvolvimento do turismo sul-mato-grossense na região da Serra da Bodoquena, em Bonito, foram autorizadas pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, na segunda-feira, dia 22. Em cerimônia com o trade turístico do Estado no Zagaia Eco Resort, eles assinaram ordem de serviço para início das obras de pavimentação das rodovias estaduais MS-178 e MS-382. Os recursos federais e estaduais empregados serão de R$ 41,1 milhões.

“A MS-178, a famosa Estrada do Curê, dá acesso a Jardim, a Porto Murtinho e aos passeios Rio da Prata e Buraco das Araras. A MS-382 liga Bonito até a Serra da Bodoquena, Baía das Garças e região da Gruta do Lago Azul. São rodovias importantes para o turismo e um sonho antigo da região”, falou Reinaldo.

Na primeira obra serão empregados R$ 20,1 milhões numa extensão de 17 quilômetros de asfalto. Na segunda, serão R$ 21 milhões em um trecho de 23,6 quilômetros, até a Nascente do Córrego Serradinho. As duas obras serão financiadas pelo Ministério do Turismo (Mtur) e terão contrapartida estadual. Elas foram lançadas em 2013, mas ficaram paralisadas por falta de liberação de recursos federais. Segundo o governador, o asfalto será realidade graças as tratativas da atual gestão estadual com o Mtur.

“O mais importante é dizer a população que essa obra vai iniciar e vai terminar”, garantiu Reinaldo. “Essas obras vão engrandecer muito as regiões de Bonito e das cidades vizinhas. O ministério quer ser um grande parceiro do Estado para desenvolver o turismo regional”, completou Beltrão, que visitou Mato Grosso do Sul pela primeira vez depois que assumiu o controle do Mtur em outubro.

 

Convênios

Ainda durante o encontro com os trades turísticos de Bonito/Serra da Bodoquena e do Pantanal, Reinaldo assinou convênios para contribuir com o desenvolvimento da atividade econômica no Estado. “O mais importante dessa noite e nós olharmos o turismo como atividade econômica importante para o desenvolvimento social, com geração de empregos e oportunidades”, falou o governador.

No primeiro convênio assinado por ele foram repassados para a Associação Desportiva Atletas de Cristo (Adac) R$ 30 mil para apoio a realização da Meia Maratona 21-K em Bonito.  O segundo termo de fomente garantiu R$ 10 mil para apoio a realização do festival Cata Guavira 2016, promovido pela Associação Brasileira de Bares, Restaurantes e Similares – região de Bonito. O terceiro convênio, celebrado pelo Mtur, pela Fundação de Turismo do Estado e pela Sectei, no valor de R$ 375 mil, objetiva a contratação de empresa especializada para a elaboração do plano de marketing Campo Grande e região Caminho dos Ipês.

Participaram da reunião com o trade turístico do Estado, além do governador Reinaldo Azambuja e do ministro Marx Beltrão, os secretários de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athayde Nery, de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, e da Casa Civil, Sérgio de Paula; o deputado federal Caros Marun; os deputados estaduais Felipe Orro e Márcio Fernandes; o diretor-presidente da Fundação de Turismo de MS, Nelson Cintra e  autoridades municipais.