Indústrias querem desburocratizar normas sanitárias em MS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O Senai e a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) acertaram, na semana passada, no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), uma parceria para melhorar e facilitar a adequação das indústrias às normas sanitárias do Estado com menos burocracia. De acordo com o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, a importância dessa parceria visa justamente fortalecer a estruturação das empresas como forma de expandirem seus mercados para além dos municípios onde estão instaladas.

Senai e a Iagro acertaram uma parceria para melhorar e facilitar a adequação das indústrias às normas sanitárias do Estado com menos burocracia (Foto: Divulgação)
Senai e a Iagro acertaram uma parceria para melhorar e facilitar a adequação das indústrias às normas sanitárias do Estado com menos burocracia (Foto: Divulgação)

“A partir do momento em que as empresas de alimentos e bebidas ficam aptas com a inspeção sanitária estadual, elas conseguem ampliar o mercado em uma abrangência maior na comparação com suas realidades atuais”, completou Jesner Escandolhero, ressaltando que o trabalho do Senai ficará mais fortalecido quanto ao que já desenvolve em termos de adequação das indústrias às normas e legislações. “A parceria com a Iagro vai permitir um suporte mais ágil à adequação das indústrias e com menos burocracia”, previu.

Já o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, admite que, com a expertise do Senai, irá acontecer a aceleração do processo de implantação de indústrias aqui no Estado. “Depois de implantadas, conseguiremos apoiá-las para que tenham produtos cada vez melhores e que fiquem cada vez mais competitivas”, garantiu, ressaltando que a ideia principal é facilitar os processos para o empresário e criar oportunidades para o pequeno empresário que não tem condições ainda ou o apoio necessário para criar e legalizar seus produtos no mercado.

“Outra questão que penso ser importante é essa parceria de laboratório com o Senai em que nós poderemos fazer a capacitação para os nossos técnicos, que precisam estar constantemente capacitados”, declarou Luciano Chiochetta. Também participaram da reunião o diretor-técnico do Senai, Gilberto Schaedler, a gerente de administração e finanças da Iagro, Veronique Michelini Cortada, e o diretor-executivo da Iagro, Roberto Siqueira Bueno.