Dourados terá mais R$ 50 milhões de investimentos para produção de frango

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

avicultura investimento
Sede da BRF em Dourados, uma das indústrias que vai comprar a produção dos novos aviários. (Foto: Assecom/Dourados).

O conselho do FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste) aprovou novos investimentos para a produção de frango em Mato Grosso do Sul. Dos investimentos em torno de R$ 48,59 milhões serão para a construção de 64 aviários no município de Dourados, que resultarão na ampliação da produção em 2,3 milhões de cabeças por ano.

No Estado o investimento total é de R$ 159,45 milhões em 12 municípios para a construção de 210 aviários, com a capacidade de produção sendo ampliada em 7,7 milhões de aves/ano, que irão abastecer as indústrias do setor em operação no Estado. Os aviários serão implantados até o final deste ano, segundo o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Elias Verruck, que preside o Conselho do FCO.

Na região de Dourados serão investidos R$ 89,50 milhões na construção de 118 aviários, sendo 64 em Dourados, 24 em Glória de Dourados, 18 em Jateí, 6 em Vicentina, 4 em Rio Brilhante, 2 em Ivinhema. Os novos aviários devem produzir em média 4,25 milhões de frangos por ano. O custo médio de cada aviário é de R$ 759,3 mil e a produção média de cada unidade é de 36 mil frangos por ano.

O restante do investimento será em Sidrolândia (64) aviários, Itaquiraí (12), Aparecida do Taboado (8) e Dois Irmãos do Buriti (4), Juti (2) e Novo Horizonte do Sul (2).

“Mesmo com crise no Brasil Dourados e região estão em pleno desenvolvimento, ampliando a produção no campo e na cidade, gerando emprego e renda”, afirma o prefeito Murilo. Ainda nessa área, Murilo informa que o governador Reinaldo Azambuja vem a Dourados no início deste ano para anunciar a ampliação da BRF, que industrializa aves. Também é possível que nesta mesma ocasião seja anunciada uma grande esmagadora e fábrica de óleo de soja.

No final do ano passado Reinaldo e Murilo anunciaram investimentos de R$ 560 milhões da JBS em Dourados para dobrar a produção de suínos, que saltará de 3 mil para 6 mil animais por dia, o que fará o faturamento da unidade passar de R$ 1,9 bilhão para R$ 3 bilhões por ano. Na região de Dourados serão R$ 1,13 bilhão de investimento, somando-se o aplicado no município aos R$ 490 milhões para a produção de perus em Itaporã e R$ 80 milhões para ampliar a produção de frango em Caarapó. Com planejamento a Prefeitura vem dando o apoio que as empresas precisam para investir em Dourados e região.

O secretário Jaime Verruck lembra que em 2015 a atração de investimentos foram muito importantes na área de avicultura para Mato Grosso do Sul. “O que estamos fazendo é estruturar o setor rural para que tenhamos mais produtores integrados com as indústrias do setor”, comenta. A meta do Estado é apoiar a implantação de mais 2 mil novos aviários.

Entre as principais indústrias integradoras que vão absorver a produção desses aviários estão a BRF Brasil (Dourados), Frango Bello (Itaquiraí), Doux Frangosul – JBS (Caarapo) e Seara Alimentos (Sidrolândia). (Assecom/Dourados).