Incêndio destrói 14 toneladas de cana em fazenda de usina

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

incendio-dourados

Um incêndio de grandes proporções atingiu duas fazendas e queimou 14 toneladas de cana, em Dourados. O combate ao fogo foi prejudicado por conta do vento forte e calor intenso, que fez com que as chamas se alastrassem rapidamente.

De acordo com o boletim de ocorrência, o incêndio começou por volta das 11h, às margens da BR-463, na saída para Ponta Porã, e se alastrou para as fazendas Caçula e São Marcos, sendo uma delas arrendada pela usina São Fernando, enquanto a outra é fornecedora de cana para a usina.

Na Fazenda Caçula foram queimadas quatro toneladas de cana em produção e 800 hectares de soqueira de cana, que são as raízes que sobram dentro e fora da terra após o corte, em uma altura de 30 centímetros, além de queimar 20 metros de mangueira de irrigação.

Já na Fazenda São Marcos, arrendada pela usina, incêndio destruiu 10 toneladas de cana e aproximadamente 500 hectares de soqueira de cana.

Corpo de Bombeiros foi acionado para o combate das chamas, assim como a Defesa Civil. Mais de quatro caminhões pipa foram enviados ao local e o trabalho foi dificultado por conta de rajadas de vento de 30 km/h, que fizeram o fogo se alastrar.

Segundo o site 94 FM Dourados, boletim Guia Clima da Embrapa Agropecuária Oeste apontou que a umidade relativa do ar atingiu 18% e a temperatura máxima 34°C ontem, no município. O tempo seco aumenta os riscos de queimadas.