GUAVIRA PODE SER FRUTO SÍMBOLO DE MS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Deputado Renato Câmara quer tornar a guavira um símbolo cultural do povo sul-mato-grossense. (Foto: Toninho Souza).
Deputado Renato Câmara quer tornar a guavira um símbolo cultural do povo sul-mato-grossense. (Foto: Toninho Souza).

Não é por acaso que ela serviu de inspiração à violeira Helena Meirelles ao compor a canção “Flor de Guavira”. Nativa do Cerrado, a delicada, branca e miúda flor aparece ainda na época de estiagem, anunciando que os seus frutos surgirão em breve. Fruta nativa, é comum ver a guavira sendo comercializada em feiras e até às margens de rodovias em Mato Grosso do Sul.

Pensando em propagar a fruta como patrimônio cultural do Estado, o deputado estadual Renato Câmara (PMDB) apresentou na sessão desta terça-feira (8) da Assembleia Legislativa o projeto de Lei que declara a guavira como fruto símbolo de MS.

“A guavira é uma fruta típica do cerrado, de modo que com o presente projeto de lei ela terá valor simbólico cultural para o povo sul-mato-grossense. A fruta é apreciada por milhares de pessoas e nada mais justo do que esse reconhecimento”, destacou o deputado.

Conforme Renato Câmara, na prática, a proposta autoriza a inclusão da guavira em todas as divulgações turísticas do Mato Grosso do Sul, veiculadas dentro e fora do Estado.

Para o deputado, o projeto de lei também vai fortalecer o nome da fruta e possibilitará a realização de eventos e festivais gastronômicos com o tema, gerando ocupação e renda e valorizando a cultura sul-mato-grossense. Atualmente, o município de Bonito sedia anualmente o “Festival da Guavira”. A proposta agora segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), antes de seguir para votação em plenário.