JBS TERÁ CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO EM DOURADOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Atualmente, grupo JBS está construindo nova planta industrial para dobrar capacidade de produção em Dourados - Foto: Divulgação
Atualmente, grupo JBS está construindo nova planta industrial para dobrar capacidade de produção em Dourados. (Foto: Divulgação).

Henrique de Matos

O Grupo JBS, dono das marcas Seara, Frangosul, Lebon, Swift e Friboi, deve anunciar em breve a instalação de um centro de distribuição em Dourados. No centro, toda a produção no Estado será preparada comercialmente e distribuída.

Em dezembro do ano passado a empresa especulou esse centro, cujo investimento previsto era de R$ 80 milhões. Não se sabe se o projeto a ser anunciado é semelhante. A nova estrutura deverá ser erguida ao lado do complexo industrial da Seara Alimentos, instalada ao lado do Parque de Exposições de Dourados.

A expectativa, segundo fontes consultadas pelo Indicador Econômico, é de a construção do novo centro de distribuição seja anunciada pelo grupo logo após a inauguração da nova fábrica da Seara município, que está sendo construída desde o final de 2015.

A empresa, inclusive, já estaria com conversas adiantadas com o governo do Estado para acertar os incentivos fiscais que serão oferecidos para a implantação da nova estrutura no município.

As partes estariam discutindo detalhes sobre os benefícios fiscais que seriam oferecidos pelo Estado, tendo em vista que a proposta de incentivos solicitada pelo grupo JBS “fugeria um pouco” do pacote convencional de isenções de tributos oferecido normalmente pelo Governo do Estado à empresas interessadas em investir em Mato Grosso do Sul.

Atualmente, o Grupo JBS está investindo R$ 560 milhões em Dourados para dobrar a capacidade da unidade da Seara, que atua na produção e processamento integrados de suínos. O abate saltará de 3 mil suínos por dia para 6 mil a partir de dezembro de 2018 quando a nova fabrica entrará em operação.

A produção de industrializados saltará de 8 mil toneladas por dia para 33.800. A geração de empregos diretos saltará de 2.450 para 4 mil e a de empregos indiretos de 6.500 para 14.500. O faturamento da unidade as Seara em Dourados saltará de R$ 1,16 bilhão por ano para R$ 2,9 bilhões. A JBS é a maior multinacional brasileira de alimentos e líder na exportação desse setor.

Ao todo a JBS está investindo R$ 1,201 bilhão em Mato Grosso do Sul, sendo R$ 560 milhões em Dourados para a duplicação da produção de suínos, R$ 490 milhões em Itaporã, a 15 km de Dourados, para a produção e abate de perus, R$ 80 milhões em Caarapó, para ampliar a produção de aves e ainda R$ 71 milhões em Sidrolândia, igualmente  no aumento da produção de aves.

Na época do lançamento desse projeto, em 1 dezembro de 2015, a JBS já pré anunciou este centro de processamento e distribuição em Dourados, onde centralizará a distribuição de toda a produção de Mato Grosso do Sul. O projeto inicial era de investimento de R$ 80 milhões no centro. Não se sabe se o projeto foi ampliado.

Atualizado às 18h05 .