Queda dos estoques de etanol impulsionam preços em MS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Etanol-bomba
Em Mato Grosso do Sul o preço do etanol subiu 3,1% na última terça-feira. (Foto: Amazonas atual).

Ao contrário do movimento de baixa no mercado de açúcar em NY, os preços do etanol no Centro-Sul estão em alta nesta semana. Segundo o índice DATAGRO, o etanol hidratado em São Paulo foi negociado na semana passada a R$ 1.546,60/m3 (PVU, sem impostos). O presidente da DATAGRO, Plinio Nastari, explica que este valor representa uma alta de 3,0%, totalizando valorização de 5,0% nos últimos sete dias.

Para Nastari, o preço do hidratado também está em alta nos demais estados do Centro-Sul, como no Mato Grosso do Sul, onde subiu 3,1% na última terça-feira, no Paraná (+2,1%) e em Goiás  (+1,3%).

Nos postos, os preços do etanol hidratado registraram desvalorização no Distrito Federal e em 15 Estados, na última semana. Mas­ nas bombas de outros dez estados, os preços subiram. De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com essas oscilações o biocombustível continuou mais competitivo que a gasolina em apenas três Estados, e “empatou” com o rival fóssil em outros dois. De acordo com a ANP, em função desse movimento, os consumidores ainda não sentiram no bolso a tendência de valorização do etanol que já é observada há duas semanas em usinas sucroalcooleiras do Centro-­Sul.

Na avaliação da DATAGRO, “o preço do etanol anidro segue mais estável, embora mais firme do que na semana passada, quando o mercado ainda sentia o peso do forte ritmo de safra” diz Plínio Nastari. Conforme levantamento da consultoria, o preço do anidro avançou 0,8%, na semana anterior, passando a R$ 1.638,75/m3, alta de 1,5% em uma semana. (Da Datagro).