Mudanças no SCPC são alvos de palestra na Aced no dia 18

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

acerta
A Aced vai oferecer em parceria com a Boa Vista, um treinamento gratuito para empresários e colaboradores das empresas associadas . (Imagem: Divulgação).

A partir do dia 1º de maio, o campo Consulta Pessoa Física deixará o sistema do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) usado pelos associados à Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados). É a reta final da migração dessa plataforma para a Família Acerta que tem melhor custo/benefício e oferece mais informações aos empresários a cada consulta.

A Aced vai oferecer em parceria com a Boa Vista, um treinamento gratuito para empresários e colaboradores das empresas associadas que utilizam o serviço, no dia 18 (terça-feira), às 7h, no Auditório Aced. O objetivo é explicar como realizar a consulta na nova plataforma, quais os novos dados disponibilizados, os custos para as empresas, vantagens, entre outros.

Desde outubro do ano passado, a “Família Acerta” está disponível no sistema para familiarização dos usuários com o novo formato. “É importante para os que vão participar do treinamento terem um contato prévio com a plataforma, pois será uma excelente oportunidade não só para aprender a utilizar todos os seus recursos, mas também para tirar dúvidas”, explica o diretor de SCPC da Aced, Eduardo Custódio.

Atualmente são 11 produtos oferecidos através da Consulta Pessoa Física ao SCPC e estes estão em fase de migração para quatro da Família Acerta, que não só contempla os mesmos dados de forma mais prática, como também oferece outros serviços integrados. O objetivo é tornar as consultas mais fáceis e também revolucionar as vendas do comércio com as demais informações ofertadas.

Através da Família Acerta, além de verificar se o consumidor está inadimplente, o sistema sugere se a venda pode ser concluída ou não. Dessa forma, mesmo que o cliente não esteja com o ‘nome sujo’, é possível saber se ele é um bom pagador, qual o teto de valor de parcela pode assumir sem risco de inadimplência, se está endividado o suficiente para deixar de pagar as parcelas assumidas, entre outros.

Vale lembrar que a decisão final continua sendo da empresa. “Muitas vezes o consumidor não está inadimplente, mas possui dívidas superiores ao que sua renda permite. Então, com essa nova plataforma as vendas passar a ser mais seguras”, lembra Custódio.

É importante ressaltar ainda que uma vez consultado o nome de um cliente, todos os dados cadastrais dele ficam disponíveis, como endereço, telefone, entre outros. A consulta uma vez feita, ainda fica salva no sistema para o empresário acessar quantas vezes julgar necessárias.

As consultas de balcão também passarão a ser realizadas através da Família Acerta para os demais consumidores. Mais informações sobre a migração podem ser obtidas através do telefone (67) 3416-8653.

Para saber as novidades, acompanhe a Aced no Facebook (fb.com/aced.dourados), Instagram (@aceddourados) e Twitter (@ACED_Dourados); acesse o Portal da Aced (www.aceddourados.com.br) e inscreva-se para receber informações da associação e parceiros por e-mail, enviando uma solicitação para comunicacao@aceddourados.com.br.