CAI O FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Em 2016, foram financiados 37.715 veículos em Mato Grosso do Sul, contra 44.453 nos primeiros seis meses do ano passado. (Foto: Divulgação).
Em 2016, foram financiados 37.715 veículos em Mato Grosso do Sul, contra 44.453 nos primeiros seis meses do ano passado – (Foto: Divulgação)

O primeiro semestre deste ano também foi de queda no número de veículos financiados em Mato Grosso do Sul. Conforme dados divulgados pela Unidade de Financiamentos da Cetip, empresa que opera o Sistema Nacional de Gravames, foram financiados 37.715 veículos em Mato Grosso do Sul, contra 44.453 nos primeiros seis meses do ano passado.

A pesquisa divide os veículos entre novos e usados e por categoria. Por exemplo, a venda de automóveis leves novos caiu de 11.945 para 8.596 do ano passado para este, considerando queda de 39%. Em relação ao financiamento de motocicletas, houve redução de quase 2 mil unidades.

Sobre os veículos usados, a pior redução é no segmento de veículos pesados, que caiu de 1.322 no ano passado para 964 neste ano. Entre novos e usados, houve retração de 22,6% nas vendas.

O Centro-Oeste atingiu 215.989 veículos financiados no primeiro semestre do ano. Desse total, 93.664 foram unidades novas e 122.325 de usadas. Os automóveis leves alcançaram 171.800 carros vendidos a crédito, enquanto as motos somaram 35.420 unidades financiadas.

EMPLACAMENTOS

Nos seis primeiros meses de 2016, Mato Grosso do Sul emplacou 23.987 veículos. O montante é 22,75% menor que no mesmo período do ano passado, quando o número somou 31.053. Desde o ano passado o setor enfrenta dificuldades, com quedas mensais. Em junho foram vendidos 4.047 veículos, 23,12% a menos que os 5.264 emplacados no mesmo mês do ano passado. Porém, leve recuperação começa a ser sentida, desde maio. Em junho comparado a maio, o número de emplacamentos cresceu 2,46%, chegando a 4.047. Entre maio e abril, também houve uma leve alta de 4,76%.