Pesca propõe PPP para ativar frigorífico do peixe de Dourados

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Délia e secretários receberam os superintendentes da Pesca e da Sudeco e encaminharam reivindicações. (Foto: A. Frota).
Délia e secretários receberam os superintendentes da Pesca e da Sudeco e encaminharam reivindicações. (Foto: A. Frota).

A soma de esforços de organismos dos governos federal e municipal, com parcerias de empresas da iniciativa privada, vão colocar em operação o frigorífico do peixe de Dourados, que, a princípio, funcionará como um entreposto, para receber a produção local e da região.

A possibilidade de o governo destinar recursos para o empreendimento e as parcerias privadas foram discutidas em reunião na manhã desta quinta-feira, no gabinete da prefeita Délia Razuk, da qual participaram o superintendente da Pesca, Cesar Moura, secretários municipais e vereadores.

O superintendente da Pesca anunciou a disponibilização do Ministério da Pesca fomentar a piscicultura em Dourados e também relatou o interesse de empresas da região em aderir ao projeto do entreposto, já pronto para entrar em funcionamento.

Moura disse que o Ministério está conversando com algumas empresas, para fazer o investimento na planta do frigorífico e citou a Mae & Terra, Genesis, Tilabras e Copinsc, todas com investimentos no Estado.

O secretário de Agricultura Familiar, Landmark Ferreira Rios, defendeu as parcerias público-privadas como “a melhor saída para Dourados” resgatar o empreendimento.

“É um passo importante para a consolidação da piscicultura como fonte de renda em nosso município, e vai contemplar principalmente o pequeno produtor”, considera Landmark, lembrando que é desejo da prefeita Délia Razuk que o setor receba todo incentivo necessário para continuar se desenvolvendo.

Da reunião também participaram os secretários de Planejamento, José Elias Moreira; de Desenvolvimento, Rose Anne Vieira; de Obras, Tahan Mustafá; de Serviços Urbanos, Joaquim Soares; técnicos dessas pastas, os vereadores Junior Rodrigues e Sergio Nogueira e o advogado Wilson Matos, da Coordenadoria Especial de Assuntos Indígenas e assessores.