Expoagro recebe nesta terça-feira a 13ª edição do Leilo Dom

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Leilão beneficente espera arrecadas pelo menos R$ 100 mil nesta edição; são esperadas 500 participantes (Foto:Divulgação)
Leilão beneficente espera arrecadas pelo menos R$ 100 mil nesta edição; são esperadas 500 participantes (Foto:Divulgação)

A 13ª edição do Leilo Dom (Dom de fazer e Doar) organizado pela Associação Leilo Dom, acontece nesta terça-feira, a partir das 19h30, no tattersal do Parque de Exposições João Humberto Andrade de Carvalho, durante a Expoagro, com expectativa de arrecadar esse ano 100 mil Reais. Toda a verba será doada para as entidades Ceia (Centro de Integração do Adolescente Dom Alberto) e também para a AAGD (Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados).

Segundo Ely Oliveira, secretária do Leilo Dom, a opção pelo tattersal se deve ao espaço maior e que esse ano estão sendo esperados mais de 500 pessoas. “Essa edição temos prendas vindo de artistas do Estado e com renome nacional e internacional como Humberto Spíndola, Edson Costa e Isaac Oliveira”, disse ela observando que no ano passado o leilão arrecadou 75 mil Reais.

O primeiro lote do leilão será oferecido o doce de leite feito por Fatima Azambuja, primeira dama do Estado e o molho italiano al pesto feito por Cecília Zauith, primeira dama do município de Dourados. “Realizamos o Leilo Dom com o objetivo de ajudar quem precisa. Não existe um valor inicial de lance. Vai do coração da pessoa em ajudar essas duas instituições que tem um trabalho social maravilhoso e que precisam de ajuda”, destacou Ely.

As prendas obtidas são peças artesanais feito por pessoas anônimas ou por artistas de renome no Estado ou até fora como é o caso dos artistas que doaram obras. “Todos os anos realizamos esse leilão. E é impressionante como as pessoas ajudam quando a causa é social. As prendas que conseguimos esse ano são peças lindas”, observou Ely. (Da Assessoria Expoagro).