China suspende importações de carne suína do Brasil, diz Associação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

A China suspendeu por tempo indeterminado a importação de carne suína da Aurora Alimentos produzida em unidade de Chapecó (SC), segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Em nota, a entidade afirmou que está atuando junto à cooperativa e ao Ministério da Agricultura para garantir esclarecimentos adicionais aos chineses referentes às práticas de segurança e aos “rígidos protocolos setoriais” durante a pandemia da covid-19″.

Procurado pelo Broadcast Agro (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o Ministério da Agricultura ainda não se pronunciou.

Segundo a ABPA, “todas as informações e demonstrações de boas práticas da cooperativa foram detalhadamente demonstradas às autoridades chinesas”.

“A ABPA lembra que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há comprovação científica de risco de contaminação de Covid-19 por meio do consumo de alimentos”, acrescentou a associação no comunicado.