Gestão da informação: controles internos também quebram empresas

Gestão da informação: controles internos também quebram empresas

*Miriam Carla de Paula

miriam-carla-de-paula

Miriam Carla de Paula

Atualmente as empresas são munidas de muita tecnologia, ERP (Sistemas Integrados de Gestão Empresarial) com vários módulos de controle, equipamentos para coleta de dados, servidores com alta capacidade de armazenamento de informações entre outros “apetrechos” que são utilizados para contribuir com a administração das empresas.

Apesar de todas as ferramentas disponíveis para coleta de dados, muitas vezes os analistas esbarram na falta de qualidade da informação o que inviabiliza a análise. Ou, ainda, o material é utilizado, mas com desconfiança pelos gestores responsáveis pela tomada de decisão na empresa.
Observa-se também que na maioria das empresas que o problema não é o recurso utilizado e sim a falta de capacitação e treinamento das pessoas que são responsáveis pela informação.

Diante dessa realidade, será que não está na hora de parar de incrementar as análises e priorizar mais no problema da fonte dessas informações, no momento da coleta?
Atualmente o desafio dos gestores não é resolver problemas pontuais contratando especializadas, mas sim, contratar consultorias que realmente estejam preocupadas com a evolução da empresa, promovendo mudanças personalizadas de acordo com a realidade e necessidade da empresa. Esse é o nosso grande compromisso: desenvolver pessoas para desenvolver empresas.

*Miriam Carla de Paula é gestora de projetos agroindustriais da MBF Agribusiness