Exportações de industrializados cresceram 4% em MS

Exportações de industrializados cresceram 4% em MS

EXPORTA

As exportações de produtos industrializados em Mato Grosso do Sul tiveram um crescimento de receita de 4%, em relação ao mesmo período do ano passado, chegando à arrecadação de US$ 1,82 bilhão, acima dos US$ 1,74 bilhão de 2018.

Esta avaliação foi feita pela Fiems (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul), que adiantou que apenas no mês de junho, houve uma redução em relação ao ano passado, ficando em US$ 316,13 milhões, o que representou uma queda de 2%.

Um dos fatores para este aumento (receita) de exportação é boa comercialização da celulose. “Esse produto continua fazendo a grande diferença, tendo como principais compradores a China e os Estados Unidos”, disse o coordenador da Fiems, Ezequiel Resende.

Já a previsão para o segundo semestre é que estas exportações fiquem mais estáveis. “O motivo é que, para efeito de comparação, no 1º semestre (ano passado) não tínhamos a 2ª planta da Suzano em operação e isso ocasionava um crescimento mês após mês”, ponderou Resende.

Sobre os números referentes a junho, que tiveram queda em relação ao ano anterior, Resende explicou que neste mês específico a indústria gerou 76% de toda receita de exportação do Estado, enquanto que no acumulado dos outros meses, este percentual ficou em 69%.