Dourados inicia campanha de vacinação contra a gripe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Dia D de vacinação contra a gripe no Leme, na zona sul do Rio de Janeiro.

A prefeitura de Dourados, através da Sems (Secretaria Municipal de Saúde), inicia nesta segunda-feira (12) a vacinação contra a influenza. Incorporada no Programa Nacional de Imunizações (PNI), esta é a 23ª campanha e acontecerá paralela a vacinação contra a covid-19.

“Como as campanhas ocorrem no mesmo período, é importante que seja priorizada a administração da vacina COVID-19, para pessoas contempladas no grupo prioritário para a influenza, logo, deve-se agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas”, explica o secretário de saúde, Edvan Marcelo Marques.

Nesta campanha, serão vacinadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Segundo Marques, em um cenário de saturação dos serviços de saúde, em razão do aumento no número de casos de covid-19, a vacinação contra a influenza é indispensável para proteger populações vulneráveis. “A vacina pode reduzir o impacto das complicações respiratórias atribuídas à influenza na população, aliviando a sobrecarga no sistema de saúde durante a pandemia pela covid-19”, explica.

O Ministério da Saúde organizou a Campanha de Vacinação para grupos prioritários em etapas. Nessa primeira, que vai de hoje até o dia 10 de maio, serão vacinadas crianças (6 meses até 6 anos), gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde. Na segunda etapa, que segue do dia 11 ao dia 9 de julho, os demais grupos receberão as doses.