RedeSim começa a operar dia 20 em Dourados

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Dourados é o 26º município do Estado a Integrar o sistema que abrange toda a Redesim. (Foto: Divulgação).
Dourados é o 26º município do Estado a Integrar o sistema que abrange toda a Redesim. (Foto: Divulgação).

A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, inicia a operacionalização da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios) no próximo dia 20 de setembro. No dia anterior, em parceira com o Sebrae, acontece mais uma capacitação para os servidores públicos municipais que atuarão no sistema.

Segundo a secretária Rose Ane Vieira, a efetivação do sistema inicia “um novo tempo para as micro e pequenas empresas que pretendem se instalar no município de Dourados”. Em reuniões recentes, a prefeita Délia vislumbrou as ações que agora já produzem frutos no contexto do fomento à economia local. “A agilidade administrativa que propomos impõe considerar dentro dessa realidade os mais de 800 mil habitantes que formam a região da Grande Dourados. Somos um polo diferenciado, e essas ações vêm para convergir os interesses dos demais municípios que buscam serviços aqui”, disse.

Com a aprovação da Lei Complementar nº 331/2017, de 3 de julho de 2017, que trata da desburocratização e de incentivos a micro e pequenas empresas, bem como a necessidade de cumprir prazos para implantação das práticas aprovadas, a ​​Prefeitura buscou parceria com o Sebrae para capacitar servidores envolvidos em todo atendimento ao cidadão que será beneficiado pela lei.

A Rede Nacional para a Redesim é um sistema integrado que permite a abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todas as Juntas Comerciais do Brasil, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia ao mínimo necessário.

“Esse sistema fará a integração de todos os processos dos órgãos e entidades responsáveis pelo registro, inscrição, alteração e baixa das empresas, por meio de uma única entrada de dados e de documentos, acessada via internet”, explicou a secretária.

Administrada por um Comitê Gestor, composto por órgãos e entidades do governo federal, estadual e municipal, responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresariais e sociedades simples.

“Dourados será o 26º município do Estado a implementar a viabilidade do sistema Integrar que abrange toda a Redesim”, conta Rose Ane.

A secretária ressalta que, com o sistema implantado, o empresário tem a ciência das obrigações que deve atender para exercer a atividade empresarial frente ao município antes mesmo de formalizar sua empresa na Receita Federal e Junta Comercial, podendo assim analisar a viabilidade dos seus investimentos.