Estado contrata empresa para reparar transformadores da MS-156

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

ms-156-duplicada-diarioitapora
Serão reformados dois transformadores instalados na via de 15 quilômetros. O valor do contrato é de R$ 4.740. (Foto: Divulgação).

Dênes de Azevedo

 

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial desta quinta-feira, dia 9, a contratação direta para o serviço de reparo na iluminação da MS-156, rodovia duplicada que liga Dourados a Itaporã.

Serão reformados dois transformadores instalados na via de 15 quilômetros. O valor do contrato é de R$ 4.740. A dispensa de licitação para contratação direta é um meio, segundo o Governo, para agilizar o serviço.

O Governo do Estado também licitou, no dia 30 de maio, através da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), empresa para manutenção preventiva e corretiva nas instalações elétricas da iluminação pública da MS-156.

A população das duas cidades e, principalmente ciclistas que usam a via para treinamento, sofrem com os constantes ‘blackouts’ que ocorrem quase que diariamente em trechos da rodovia.

A rodovia é um corredor de grande tráfego. Muitas pessoas de Itaporã trabalham em Dourados ou vão à cidade diariamente para comércio, serviços, atendimento médico ou estudo. Pessoas de Dourados também trabalham ou tem negócios em Itaporã. A iluminação precária e as constantes falhas prejudicam as pessoas – tanto os brancos como os índios – e as colocam em rico na travessia da Reserva Indígena.

A rodovia também é um corredor de acesso à Maracaju, cidade que também busca serviços e comércio em Dourados, a Campo Grande e à Bonito e Pantanal. Turistas do sul do país usam muito essa via de acesso aos pontos turísticos da região oeste.

 

OUTROS RESULTADOS

O Estado também publicou resultados de licitações para restauração de várias vias no município de Figueirão; pavimentação asfáltica e drenagem nos bairros de Cerejo e Mutum, em Angélica e ainda aquisição de móveis para escritório e a aquisição de 10 veículos utilitários do tipo pick up. Os investimentos somam R$ 6,6 milhões de reais.