CCR MSVia prevê cerca de 290 mil veículos na BR-163 durante feriado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
br-163-sem-credito
CCR MSVia recomenda aos motoristas que planejem seu trajeto em horários alternativos aos horários de pico. (Foto: divulgação).

A CCR MSVia dá início nesta sexta-feira (07) à Operação Nossa Senhora Aparecida, na BR-163/MS. Durante a ação, que termina na quarta (12), a Concessionária prevê que aproximadamente 290 mil veículos passem pela rodovia no período do feriado prolongado.

 Segundo o levantamento feito pela CCR MSVia, os horários de maior movimento de tráfego serão das 16h às 18h na sexta (média de 3.788 veículos/hora) e das 15h às 16h no sábado (média de 3.912 veículos/hora). Para o retorno, o pico de tráfego deve se concentrar das 16h às 17h na terça (média de 3.331 veículos/hora) e, no mesmo horário, na quarta (com média de 4.207 veículos/hora).

 O gestor de Atendimento da CCR MSVia, Fausto Camilotti recomenda aos motoristas que planejem seu trajeto em horários alternativos aos horários de pico, garantindo uma viagem mais tranquila e segura.

“Nossas equipes do Serviço de Atendimento ao Usuário – SAU estarão reforçadas e de prontidão para atender quaisquer chamados na BR-163/MS. De qualquer modo, é sempre bom reforçar aos motoristas que adotem medidas de segurança e revisem seus veículos antes de seguirem viagem”, recomenda o engenheiro.

 A CCR MSVia distribuirá 12 mil folhetos com dicas direção segura em pontos estratégicos, em conjunto com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Uma ação especial envolverá a distribuição de bafômetros educativos aos motoristas.

 As obras com interrupção do tráfego serão suspensas na BR-163/MS durante toda a quarta-feira (12), entre os kms 0 e 7 (Mundo Novo) e entre os kms 265 e 275 (Dourados).

A circulação de cargas especiais não será suspensa durante a Operação Nossa Senhora Aparecida.

O SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário da CCR MSVia) disponibilizará 500 colaboradores em regime de revezamento, 24 horas por dia. Eles trabalharão a partir de 17 Bases Operacionais instaladas ao longo da rodovia, com o apoio de 80 viaturas, entre elas 12 ambulâncias-resgate, 05 unidades móveis de terapia intensiva, 04 VIRs (Viaturas Médicas de Intervenção Rápida), 08 guinchos pesados, 17 guinchos leves, 19 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço. Todo esse aparato será comandado a partir do CCO – Centro de Controle Operacional.

 Estarão dispostos 18 Painéis Fixos de Mensagens Variáveis e 17 Painéis Móveis de Mensagens Variáveis (instalados estrategicamente) para informar aos usuários, em tempo real, sobre eventuais interferências no tráfego.

 

Pedágio – As praças de pedágio vão operar normalmente. As tarifas básicas variam de R$ 4,60 a R$ 7,40. Veículos comerciais pagam por eixo. O pagamento nas praças de pedágio deve ser feito por meio de dinheiro ou cheque.  Nos postos de cobrança não serão aceitos cartões de débito ou cartões de crédito. Haverá, ainda, a possibilidade do pagamento eletrônico, por meio de dispositivos instalados nos para-brisas dos veículos, os chamados TAGS.

 

As praças estão instaladas nos seguintes locais: P1 – Mundo Novo (km 28,2); P2 – Itaquiraí (km 113,2); P3 – Caarapó (km 227,9); P4 – Rio Brilhante (km 313,7); P5 – Campo Grande (km 432,1); P6 – Jaraguari (km 533,8); P7 – São Gabriel do Oeste (km 603,4); P8 – Rio Verde de Mato Grosso (km 703,5) e P9 – Pedro Gomes (km 817,8).