Programação da XVII Semana do Meio Ambiente e a XX Eco Dourados

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

Semana objetiva o incentivo a práticas de proteção, conservação e promoção do meio ambiente. (Foto: Divulgação).
Semana objetiva o incentivo a práticas de proteção, conservação e promoção do meio ambiente. (Foto: Divulgação).

A XVII Semana do Meio Ambiente e a XX Eco Dourados iniciadas nesta segunda-feira (02) seguem com extensa programação nesta terça-feira (03) e na quarta-feira (04). A ação desenvolvida pelo Imam (Instituto do Meio Ambiente) ocorre na Unigran, sob direcionamento da gestão Délia Razuk e objetiva o incentivo a práticas de proteção, conservação e promoção do meio ambiente.

Com o tema do evento é “Meio Ambiente, Urbanização e Sustentabilidade”, as atividades são desenvolvidas no bloco 10, da instituição. Nesta terça-feira (03), das 13h às 17h, acontecem minicursos e das 14h às 19h30, é realizada a Eco Dourados, espaço para exposição dos Projetos de Educação Ambiental das escolas do município e apresentação de trabalhos científicos.

Conforme a direção, o Eco Dourados contará com exposição do planetário digital da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), exposição de animais empalhados da PMA (Polícia Militar Ambiental) e uma palestra diferenciada com uma “árvore gigante”. A ação receberá visitas de alunos da rede municipal.

Para o período noturno, a programação conta com ministração de profissionais do assunto e debates. A partir de 19h30, acontece a palestra “Espaços verdes urbanos: desafios e perspectivas”, com a arquiteta e urbanista Eliane Guaraldo, doutora em Estruturas Ambientais Urbanas, professora da UFMS, diretora Cultural da ABAP e presidente da regional Centro-Oeste da SBAU.

Às 20h10, uma mesa redonda vai debater o tema “Espaços verdes urbanos: desafios e perspectivas”. Os palestrantes desta temática são Mário Cezar Tompes da Silva, doutor em Geografia Humana pela USP e professor na FCH/UFGD; Sandro Menezes Silva, doutor em Biologia Vegetal pela Unicamp e professor na FCBA/UFGD; Amilcar Araújo Carneiro Júnior, promotor de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Urbanismo da Comarca de Dourados e professor da Unigran e o diretor do Imam Dourados, Fábio Luís da Silva, arquiteto e urbanista. A mediadora será a doutora Eliane Guaraldo.

A programação na quarta-feira (04) segue com minicursos entre 13h e 17h. Já às 14h acontece a audiência pública ‘Plano Municipal de Arborização’. Simultaneamente, acontece plantio de mudas de árvores nativas e frutíferas.

A XVII Semana do Meio Ambiente e a XX Eco Dourados contam com realização da Prefeitura de Dourados e Imam, com a parceria da Unigran, UFGD, Uems, Fundo Municipal de Meio Ambiente, Hidrasol Aquecedor Solar e Vidraçaria Vera Glass.

 

TROFÉU MARCO VERDE

 

A abertura do evento na noite desta segunda-feira premiou os vencedores do Troféu Marco Verde. O prêmio contempla instituições públicas ou privadas que tenham de destacado com trabalhos ou ações de preservação ambiental em 2016.

“É a manifestação do reconhecimento do poder público municipal de que a sociedade, os cidadãos e o poder público são partes na formação de um mundo ambientalmente sustentável e socialmente justo”, destaca Fábio Luís da Silva, diretor do Imam.

O curso de Gestão Ambiental da UFGD foi premiado com o Marco Verde. Ressaltou-se que todas as disciplinas do curso têm sido ministradas levando em consideração problemas ambientais locais em busca de apontar soluções. O destaque foi para a disciplina de Projeto Integrado desenvolvida dentro da abordagem em Sistema PDCA.

Sônia Vasconcelos, diretora-adjunta da escola municipal Neil Fioravanti – CAIC, também foi contemplada com o Marco Verde. A participação da profissional tendo em vista o envolvimento da comunidade do entorno da escola no movimento de preservação do córrego Paragem, bem como na implantação do parque linear ao entorno do córrego foi motivaram a homenagem.

Ela participou ainda das seguintes atividades: implantação do projeto escola sustentável e a instalação da estação de captação de água da chuva na escola; inserção de representação da Educação Básica no Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema; incentivo às ações em favor de um meio ambiente limpo e saudável; efetivação de ações da Comissão do Meio Ambiente e Qualidade de vida na escola e ainda buscou parcerias com Universidades e profissionais da área para capacitação e orientação dos profissionais da escola para uma efetiva Educação Ambiental na instituição.