Expoagro lança Festival Gastronômico Sabores de Dourados

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

As inscrições já podem ser feitas e vai até o dia 30 de maio. Podem participar, bares, lanchonetes, restaurantes e pizzarias. “O Festival Gastronômico, não é um concurso. Realizamos o evento com a finalidade de movimentar o inverno e ajudar na economia de Dourados. Serão sorteadas viagens para João Pessoa; o garçom e o chef onde o cliente provou o prato, também será contemplado com um prêmio surpresa”, destacou Rejane.

A duração do Festival Gastronômico de Dourados esse ano, será de dois meses (Foto:Divulgação)
A duração do Festival Gastronômico de Dourados esse ano, será de dois meses (Foto:Divulgação)

Na visão dela, o Festival Gastronômico já provou que no período que é realizado, o volume de vendas em todos os estabelecimentos que participam tem um aumento de prato consumido de 80%. Para o setor de turismo, a cidade de Dourados, tem um acréscimo de visitantes de 15% como aconteceu no ano passado.

“Se analisarmos esses números, podemos ver e perceber que Dourados é um potencial gastronômico e de turismo que chama a atenção. E o Festival é para isso mesmo: fomentar o setor culinário num período que é o inverno e, onde as vendas caem. Queremos valorizar a nossa culinária. Com isso, todo o comércio local se beneficia com vendas variadas.

Esse ano, como começa em 21 de junho e vai até o dia 21 de agosto, haverá um período maior de degustação e maior participação da comunidade douradense e região. Casar o evento com a passagem da tocha olímpica que será dia 26 de junho e, onde haverá visitantes na cidade e prolongar com a Olimpíada é uma sacada que pode dar ao festival maior visibilidade e também maior participação de setores culinários.

No ano passado, 31 empresas participaram. Para essa edição, são esperados 50. Dos pratos servidos estão desde lanches, pizzas a pratos mais sofisticados e com sabor regional. O vencedor do ano passado, foi um cliente que comeu uma pizza de rúcula na Pizzaria Paulistana.

“Então, por não ser uma competição do melhor prato, todos que se inscreverem, pode ser sorteado. Se no ano passado tivemos pratos como picanha ao creme de brócolis, cupim no conhaque e alho, Pizza filé especial com provolone e ainda o peixe a caiçara, como comidas típicas nossas, esse ano pode surgir outros pratos. Porque não? Mesmo não sendo uma competição, o cliente vai avaliar o que comeu, depositar numa urna e depois o empresário poderá ver o que pode melhorar em seu prato. O Festival Gastronômico chega para ajudar”, destacou Rejane.