No Estado, apenas 38% já enviaram à Receita Federal a declaração de IR

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Dos 382 mil que tem que realizar a declaração, apenas 99,5 mil contribuintes do Estado enviaram as informações à Receita Federal até está quarta-feira (6).  O prazo final do envio da declaração do Imposto de Renda encerra em 29 de abril e ainda faltam 62% dos contribuintes de Mato Grosso do Sul prestarem contas ao leão. No País, são quase oito milhões de declarações prestadas.

A multa para quem coloca informações erradas ou deixa de colocar dados importantes de propósito é de 150% do imposto devido.
A multa para quem coloca informações erradas ou deixa de colocar dados importantes de propósito é de 150% do imposto devido.

Quem perder o prazo de envio, precisará arcar com multa mínima de R$ 164,57. O máximo é de 20% do imposto devido. A multa para quem coloca informações erradas ou deixa de colocar dados importantes de propósito é de 150% do imposto devido.

Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte, como de poupança de mais de R$ 40 mil também precisa enviar.

Quem tinha bens, como por exemplo, uma casa acima de R$ 300 mil ou teve receita de mais de R$ 140.619,55 em atividade rural, também precisam realizar a declaração do imposto.

Mesmo quem não tem registro em carteira, como prestadores de serviços ou trabalhadores autônomos, pode estar obrigado a declarar Imposto de Renda se atingir os limites mínimos exigidos pela Receita Federal.

O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal. O aplicativo para dispositivos móveis, tablets e smartphones na versão Android para a Google Play também foi liberado na loja virtual da empresa, assim como a versão iOS para a Apple.

Com informações da Receita Federal