Prefeitura de Dourados fará pregão pelo Banco do Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

 

joao fava
Secretário de Fazenda João Fava diz que pregão eletrônico tem mais eficiência e agilidade. (Foto: Assecom).

A Prefeitura Municipal de Dourados, através da Secretaria de Fazenda, comunica que assinou convênio com o Banco do Brasil para que a maioria das licitações seja feita por pregão eletrônico. Atendendo ao anseio da administração da prefeita Délia Razuk, por agilidade e transparência, termo de parceria foi assinado.

A modalidade para realização de licitação se destaca pela clareza e objetividade nos processos de pesquisas, cotações e compras, atendendo à necessidade de transparência dos atos administrativos.

Segundo o secretário de Fazenda, João Fava Neto, a eficiência e agilidade dos processos de aquisição de insumos em vários segmentos, como mobiliário, eletrônicos, materiais diversos, especialmente na fase anterior a licitação, ou seja, de pesquisa de mercado, também são importantes para economia e austeridade.

“Por sempre priorizar o menor preço, o pregão possibilita economia na aquisição de insumos e redução dos custos operacionais na aquisição de produtos e serviços”, explica Fava.

O Banco do Brasil também tem sido destaque nesta modalidade de licitação, sendo indicado aos prêmios Melhor Sistema de Pregão Eletrônico e Melhor Interação com o Fornecedor, em 2017.