Renato quer mais prazo para emplacar veículos do transporte de passageiro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Legenda: Deputado Renato Câmara pede para que as pessoas aproveitem o tempo em casa para ampliar o combate aos focos do mosquito da dengue; Mato Grosso do Sul registrou mais de 400 novos casos por dia nos primeiros três meses do ano

Atento aos impactos da pandemia na economia de Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Renato Câmara (MDB) apresentou indicação na sessão desta quinta-feira (25), solicitando ao governo do Estado a prorrogação do prazo de emplacamento de veículos com placa vermelha que atuam no transporte de passageiros.

O prazo para os pequenos operadores que executam o fretamento de transporte intermunicipal de passageiros, realizarem o emplacamento, com a instalação da placa vermelha (comercial), vence no próximo na próximo dia 31. O não cumprimento do prazo legal para a substituição da placa sujeita os trabalhadores do setor que continuarem efetuando essa modalidade de transporte à multa prevista em lei.

No pedido encaminhado ao governo do Estado, Renato Câmara pede para que o prazo seja estendido até o final de 2020. A solicitação, encaminhada ao governador Reinaldo Azambuja, ao secretário de Governo, Eduardo Correa Riedel, e ao diretor-presidente da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos), Youssif Domingos, atende a um pedido do vereador de Bonito, Pedrinho da Marambaia, e visa amenizar os efeitos da crise econômica provocada pelo Covid-19 no setor turístico de MS.

Conforme o deputado, a prorrogação de prazo de emplacamento de veículos que atuam no transporte de passageiros é uma medida de que desafogaria os trabalhadores do setor, que enfrentam sérias dificuldades financeiras devido à paralisação das atividades do setor turístico desde março.