Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5304 35005512 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5447 35912552 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5304 35005512 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5447 35912552 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5304 35005512 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5447 35912552 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5304 35005512 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5447 35912552 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Terminal intermodal em Aparecida do Taboado dá competitividade à celulose de MS

Terminal intermodal em Aparecida do Taboado dá competitividade à celulose de MS

 

terminal-Fibria-em-Aparecida-do-Taboado-6-300x200

Terminal faz parte do complexo industrial da Fíbria, da região de três Lagoas. (Foto: Divulgação).

A instalação do terminal intermodal da Fibria no município de Aparecida do Taboado para o escoamento da produção da indústria instalada em Três Lagoas dá competitividade à celulose de Mato Grosso do Sul e serve modelo de alternativa logística para outros setores. A avaliação é do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, que acompanhou o governador Reinaldo Azambuja nesta quarta-feira (9) no lançamento da pedra fundamental da obra.

“A Fibria buscou uma alternativa e fez um terminal exclusivo. Esse modelo logístico que foi apresentado hoje para a celulose de Mato Grosso do Sul é altamente competitivo e vai permitir próximas expansões, inclusive da própria Fibria. Ao se resolver a questão da logística, continuaremos com uma perspectiva de expansão para a celulose no Estado. Pensar a logística hoje é fundamental”, afirmou o secretário.

Ele lembrou, no entanto, que a necessidade de se encontrar uma solução alternativa para o escoamento da produção da região “só ocorreu devido ao descaso da própria Ferroeste. Se ela tivesse a capacidade de atender a Fibria, não seria necessário percorrer 100 quilômetros de rodovia, de Três Lagoas a Aparecida do Taboado, pra fazer essa operação. O fato de o governo federal e, principalmente a Rumo, não realizar os investimentos necessários na Ferroeste, culminou numa outra estrutura logística, mais competitiva. Mas precisamos avançar”, disse Jaime Verruck.

Com relação à questão da malha ferroviária, o governo do Estado também busca alternativas. Na próxima semana, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck têm um encontro em Corumbá com representantes da Ferrovia Oriental, da Bolívia, para tratar do assunto.

 

Licença de Instalação

O secretário Jaime Verruck e o governador Reinaldo Azambuja entregaram a Licença de Instalação do terminal a Júlio César Rodrigues da Cunha, da Fibria

Durante o lançamento da obra do terminal intermodal da Fibria foi entregue a Licença de Instalação (LI) emitida pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) que permite o início dos trabalhos em Aparecida do Taboado.  O documento foi entregue pelo governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck ao diretor de engenharia do Projeto Horizonte 2 da Fibria, Júlio César Rodrigues da Cunha.

No ato de lançamento da obra, o prefeito de Aparecida do Taboado, Robinho Sâmara, destacou o empenho e a celeridade do governo do Estado na emissão dos licenciamentos ambientais. “Em 36 anos de vida pública, nunca vi tamanho desembaraço (do governo) para conceder as licenças”, afirmou.

 

Terminal Intermodal

A estrutura logística do terminal, que conjuga transporte rodoviário e ferroviário está prevista no investimento de R$ 7,7 bilhões da Fibria no complexo Horizonte 2, em Três Lagoas. O terminal vai atender o escoamento da produção de celulose dessa nova unidade até o Terminal de Macuco, no Porto de Santos (SP), de onde será exportada para a Ásia, Europa e Estados Unidos.

O terminal intermodal de Aparecida do Taboado vai integrar transportes rodoviário, ferroviário e portos. A área está localizada na rodovia BR 158, terá 63 mil metros quadrados e capacidade para escoar 1,95 milhões de toneladas de celulose por ano. Durante o período das obras serão geradas 220 vagas de emprego.