Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3144 8700392 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3271 9144336 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3144 8700392 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3271 9144336 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3144 8700392 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3271 9144336 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3144 8700392 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3271 9144336 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Senai e Iagro firmam parceria para apoiar indústrias no atendimento a normas sanitárias

Senai e Iagro firmam parceria para apoiar indústrias no atendimento a normas sanitárias

 

fiems-iagro-parceria

Diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, assiste a assinatura do termo de parceria que beneficiará a indústria local. (Foto: Fiems).

O Senai e a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) acertaram na semana passada uma parceria para melhorar e facilitar a adequação das indústrias às normas sanitárias do Estado com menos burocracia. De acordo com o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, a importância dessa parceria visa justamente fortalecer a estruturação das empresas como forma de expandirem seus mercados para além dos municípios onde estão instaladas.

“A partir do momento em que as empresas de alimentos e bebidas ficam aptas com a inspeção sanitária estadual, elas conseguem ampliar o mercado em uma abrangência maior na comparação com suas realidades atuais”, completou Jesner Escandolhero, ressaltando que o trabalho do Senai ficará mais fortalecido quanto ao que já desenvolve em termos de adequação das indústrias às normas e legislações. “A parceria com a Iagro vai permitir um suporte mais ágil à adequação das indústrias e com menos burocracia”, previu.

Já o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, admite que, com a expertise do Senai, irá acontecer a aceleração do processo de implantação de indústrias aqui no Estado. “Depois de implantadas, conseguiremos apoiá-las para que tenham produtos cada vez melhores e que fiquem cada vez mais competitivas”, garantiu, ressaltando que a ideia principal é facilitar os processos para o empresário e criar oportunidades para o pequeno empresário que não tem condições ainda ou o apoio necessário para criar e legalizar seus produtos no mercado.

“Outra questão que penso ser importante é essa parceria de laboratório com o Senai em que nós poderemos fazer a capacitação para os nossos técnicos, que precisam estar constantemente capacitados”, declarou Luciano Chiochetta. Também participaram da reunião o diretor-técnico do Senai, Gilberto Schaedler, a gerente de administração e finanças da Iagro, Veronique Michelini Cortada, e o diretor-executivo da Iagro, Roberto Siqueira Bueno. (Da Assessoria da Fiems).