Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4976 35992416 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5107 36928832 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4976 35992416 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5107 36928832 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4976 35992416 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5107 36928832 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4976 35992416 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5107 36928832 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Cetec-Senai de Dourados está com matrículas abertas para 11 cursos técnicos até dia 11

Cetec-Senai de Dourados está com matrículas abertas para 11 cursos técnicos até dia 11

Curso de mecânica é um dos que tem vagas em Dourados. (Foto: Fiems).

O Senai de Dourados está com o período de matrículas abertas até o próximo dia 11 de março para os cursos técnicos em açúcar e álcool, administração, automação industrial, controle ambiental, eletrotécnica, manutenção automotiva, mecânica, química, segurança do trabalho, soldagem e vestuário. Ao todo são 575 vagas e os interessados devem comparecer até a sede do Senai, que fica na Rua 20 de Dezembro, 2.445, Bairro Vista Alegre, sendo que as aulas terão início no dia 22 de março.

Do total de 575 vagas, 70 são para técnico em açúcar e álcool, 70 para técnico em administração, 35 para técnico em automação industrial, 35 para técnico em controle ambiental, 35 para técnico em eletrotécnica, 60 para técnico em manutenção automotiva, 30 para técnico em mecânica, 105 para técnico em química, 70 para técnico em segurança do trabalho, 30 para técnico em soldagem e 35 para técnico em vestuário.

Segundo o gerente do Senai de Dourados, Yashi Miranda, houve um mapeamento para levantar as áreas de maior necessidade e vagas disponíveis nas indústrias. “Entendemos que todos os cursos irão abrir oportunidades rápidas de trabalho. Os cursos técnicos têm mais de 70% de aproveitamento, inclusive durante o curso já tem indústrias procurando profissionais”, afirmou.

Para se matricular, os interessados precisam apresentar os seguintes documentos: uma foto 3×4 recente, certidão de nascimento ou casamento (original e cópia), carteira de identidade (original e cópia), CPF (original e cópia), título de eleitor (original e cópia), histórico escolar do Ensino Médio (original e cópia), comprovante de residência atualizado (caso não esteja em nome do candidato ou de seus pais, o titular do documento deve emitir uma autodeclaração) e certificado de reservista, certificado de alistamento militar ou certificado de dispensa de incorporação (caso seja do sexo masculino e maior de 18 anos).

Mais informações diretamente nas unidades do Senai ou pelo telefone (67) 3411-2600. (Da Assessoria da Fiems).