Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3360 8985136 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3464 9486936 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3360 8985136 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3464 9486936 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3360 8985136 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3464 9486936 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3360 8985136 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3464 9486936 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Com sede própria na cidade de Bonito, Sebrae Regional Oeste vai atender 15 municípios

Com sede própria na cidade de Bonito, Sebrae Regional Oeste vai atender 15 municípios

 

sebrae-sede-bonito

Prédio de 718 m² conta com duas salas de treinamento com capacidade para 30 pessoas cada. (Foto: Divulgação).

A cidade de Bonito ganhou na sexta-feira, 08 de abril, sua sede própria do Sebrae. Presente na solenidade o governador Reinaldo Azambuja destacou que a região ganha um local para o desenvolvimento de negócios que vão qualificar e aumentar o empreendedorismo. “O Sebrae disponibiliza ferramentas para o sucesso do empreendedorismo no turismo local”, disse.

 

A sede fica na Rua Coronel Pillad Rebuá, 2.480, Jardim Andréa. Chamada Regional Oeste, a unidade atenderá a 15 cidades que possuem 25 mil pequenos negócios ativos.

O prédio de 718 m² conta com duas salas de treinamento com capacidade para 30 pessoas cada; amplo espaço para atendimento aos empreendedores, além de localização central, logo à entrada da cidade. A área total de 6.715 m² foi doada pela Prefeitura Municipal; o estacionamento possui espaço para abrigar, quando necessário, unidades móveis de instituições do Sistema S que também prestam serviços à sociedade.

A Regional Oeste será responsável por atender a 25 mil pequenos negócios de 15 municípios: Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caracol, Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Ladário, Miranda, Nioaque, Porto Murtinho e Sidrolândia.

“O município possui localização estratégica e é referência internacional em turismo, sendo reconhecido com diversos prêmios pelo mundo. Esta sede fortalece nossa atuação e reforça o compromisso para o desenvolvimento do estado por meio do empreendedorismo”, ressalta Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae em MS.

Durante a solenidade acontece os lançamentos do livro “Bonito: uma História de Desenvolvimento Territorial”, escrito por Arnaldo Leite, que trata sobre o a estruturação do paraíso ecológico baseada no fomento à evolução dos pequenos negócios; e do projeto Brasil Central Negócios-Turismo, que tem o apoio da Associação Brasileira dos Sebrae Estaduais (Abase) Centro-Oeste.

A iniciativa desenvolvida pelas unidades estaduais do Sebrae em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal promoverá ações integradas para o fortalecimento do turismo regional. Existem seis zonas de ação prioritárias: Bonito (MS); região do Pantanal – com Corumbá (MS) e Poconé (MT); Chapada dos Guimarães (MT); Chapada dos Veadeiros (GO); Pirenópolis (GO); e Brasília (DF).

O objetivo é chamar a atenção dos turistas para recebê-los com maior frequência, principalmente das capitais brasileiras  e países sul-americanos, por meio de estratégias de inteligência comercial, economia criativa, sustentabilidade, inovação e tecnologia. Almeja-se até outubro do próximo ano que 800 micros e pequenas empresa acessem novos mercados graças ao Brasil Central.