Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 400968 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401240 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3416 8704376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3514 9148320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 400968 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401240 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3416 8704376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3514 9148320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 400968 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401240 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3416 8704376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3514 9148320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 400968 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401240 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3416 8704376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3514 9148320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Receitas do Festival Gastronômico serão divulgadas

Receitas do Festival Gastronômico serão divulgadas
arroz-doce-festival-gastronomico-0510-02

O Arroz Doce Especial, servido nos três restaurantes Grill de Ouro, foi o prato mais curtido, com 833 curtidas no Facebook. (Foto: A. Frota/Assecom).

Atendendo um pedido do prefeito Murilo a maioria dos bares, restaurantes, pizzarias e similares que participaram do 4º Festival Gastronômico Sabores de Dourados vai divulgar a receita dos seus pratos. Apenas algumas franquias não divulgam as receitas por conta de orientação nacional.

A proposta de divulgar as receitas foi feita por Murilo no encerramento do festival, em solenidade no Centro de Convenções de Dourados no dia 05 de setembro. As receitas serão publicadas na página do festival no site da Prefeitura (www.dourados.ms.gov.br/sabores) a partir da próxima semana. As pessoas também poderão acompanhar a divulgação pela página da Prefeitura no Facebook  (fb.com/prefeituradedourados).

A proposta é incentivar que as pessoas também façam em casa as receitas que podem ser apreciadas nos restaurantes. Boa parte dos 39 pratos foram desenvolvidos em Dourados ou para o festival.

Foram dois meses de festival, em julho e agosto, oferecendo várias opções de pratos, sendo ‘a la carte’, self service, lanche, pizza, porções e sobremesa, com ingredientes que vão de carnes a peixes, massas, molhos especiais e muitas outras variedades.

O festival, mais uma vez, foi encerrado com grande sucesso.  Durante os dois meses foram consumidos 15.435 pratos, que resultou num acréscimo de faturamento para os 41 restaurantes de R$ 543.500,00. A média é de R$ 35 por prato. O acréscimo no número de pratos consumidos em relação ao ano passado é de 11,5%.

O festival é uma das muitas ações do prefeito Murilo para apoiar e promover o desenvolvimento comercial e do turismo em Dourados.

Entre as receitas está a do prato mais curtido durante o festival, que foi o Arroz Doce Especial, servido nos três restaurantes Grill de Ouro. Foram 833 curtidas.

O festival foi promovido pela Prefeitura de Dourados, através do Núcleo de Turismo da Semdes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável), com apoio do Governo do Estado/FundTur/MS, Abrasel/MS, Gales Park Hotel e Zann Turismo. (Da Assessoria).