Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5554 35994736 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5700 36931120 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5554 35994736 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5700 36931120 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5554 35994736 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5700 36931120 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5554 35994736 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5700 36931120 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Procon fiscaliza produtos de Páscoa e orienta consumidores

Procon fiscaliza produtos de Páscoa e orienta consumidores

 

Em um mercado da cidade, um peixe de espécie Jundiá da Amazônia estava sendo vendido como Pintado. (Foto: Divulgação).

Em um mercado da cidade, um peixe de espécie Jundiá da Amazônia estava sendo vendido como Pintado. (Foto: Divulgação).

No mês do consumidor, a Prefeitura de Dourados, por meio do Procon, intensifica as ações de orientação e fiscalização. Nesta semana o foco são estabelecimentos que trabalham com produtos da Semana Santa. As atividades seguem em vários pontos da cidade e na próxima semana nova pesquisa de preços de itens do período será divulgada.

Conforme balanço da diretoria, centenas de pessoas foram alcançadas com informações sobre direitos de consumidor. Entre as ações diante de irregularidades, produtos foram apreendidos e estabelecimentos notificados.

De acordo com o diretor do Procon, Mário Júlio Cerveira, a equipe identificou que em um mercado da cidade, um peixe de espécie Jundiá da Amazônia estava sendo vendido como Pintado e as devidas providências foram tomadas.

Outra situação identificada foi peixe em estado irregular para venda/consumo, o que também contou com ação de coibição do órgão.

Palestras em escolas e instituições, blitz de fiscalização e ações junto à imprensa marcaram a programação do mês, que também ocorreu nos distritos.

As ações de fiscalização dos produtos típicos do período continuam nos próximos dias. A Vigilância Sanitária é parceira das atividades.

O diretor destaca que os consumidores devem ficar atentos, ainda, quanto à propaganda enganosa e produtos fora de padrão de consumo. As irregularidades devem ser denunciadas ao Procon. O telefone para contato é 3411-7654 ou 151.