Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401032 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401304 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.2835 8702296 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.2935 9146240 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401032 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401304 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.2835 8702296 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.2935 9146240 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401032 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401304 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.2835 8702296 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.2935 9146240 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401032 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401304 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.2835 8702296 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.2935 9146240 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Preço médio da gasolina acumula alta de 3,6% e vai a R$ 4,11 em MS

Preço médio da gasolina acumula alta de 3,6% e vai a R$ 4,11 em MS

etanol

O preço médio da gasolina acumulou em um mês alta de 3,67% nas bombas e chegou a R$ 4,11 em Mato Grosso do Sul, de acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O levantamento apontava média de R$ 3,96 na semana iniciada no dia 7 de junho, enquanto no último dia 21 o litro do combustível já havia atingido R$ 4,07, 4 centavos mais barato que o registrado nesta semana.

O preço mínimo registrado em 86 estabelecimentos pesquisados foi R$ 3,95, em Campo Grande, e o mais caro do Estado para o consumidor final está em Corumbá, a R$ 4,60.

A média na Capital ficou em R$ 4,04, enquanto em Corumbá os motoristas pagaram R$ 4,51 por litro. O combustível ficou em R$ 4,16 em Dourados e R$ 4,34 em Três Lagoas.

Outros combustíveis

Já o preço médio do etanol ficou em R$ 3,10 em Mato Grosso do Sul, variando de R$ 2,87, na Capital, a R$ 3,49, em Nova Andradina e Três Lagoas.

O preço médio registrado nesta semana em Campo Grande foi de R$ 3,01. O litro do combustível custou R$ 3,20 em Dourados e Corumbá, e R$ 3,34 em Três Lagoas.

O levantamento da ANP também apontou a média do óleo diesel no Estado. Nesta semana, o preço registrado foi de R$ 3,19, encontrado por R$ 2,95 a R$ 3,63. A média ficou em R$ 3,09 na Capital, R$ 3,26 em Dourados, R$ 3,35 em Três Lagoas e R$ 3,52 em Corumbá.