Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403936 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4793 36041936 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4944 36984680 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403936 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4793 36041936 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4944 36984680 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403936 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4793 36041936 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4944 36984680 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403936 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4793 36041936 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4944 36984680 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Piscicultores recebem orientações sobre a 12ª Festa do Peixe de Dourados nesta terça

Piscicultores recebem orientações sobre a 12ª Festa do Peixe de Dourados nesta terça

 

Evento acontece de 23 a 27 deste mês e a expectativa de comercialização é de 20 toneladas de pescado

 

festa-peixe_0703 01

Produtores já se preparam para mais uma edição da Festa do Peixe. (Foto: Assecom/Arquivo).

Nesta terça-feira, dia 07/03, pela manhã acontece a primeira reunião entre a equipe técnica e os 12 produtores selecionados para fornecer peixe ao natural (insensibilizado) na 12ª Festa do Peixe, que acontece este ano entre os dias 23 e 27 de março no parque ambiental Primo Fioravante Vicente (Rego D´Água), no Jardim Água Boa.

Nesta reunião serão discutidos aspectos do abate, transporte e da comercialização do pescado, que será oferecido aos moradores de Dourados e região. A previsão é de que em torno de 20 toneladas de peixes das espécies pacu, pintado e tilápia sejam vendidos durante o evento.

Participam da reunião técnicos da Semafes (Secretaria de Agricultura Familiar e Economia Solidária), do Frigorífico Pescado Pantanal, que vai abater os peixes, UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e da Secaf-Apoms. Aspectos técnicos para garantir um produto de alta qualidade na mesa do consumidor serão discutidos na reunião.

 

A festa

A festa, promovida pela Prefeitura, é apoiada por vários parceiros, entre elas a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), MS-Peixe, Apropeixe, Ministério Público Estadual, UFGD, Embrapa Agropecuária Oeste, Sebrae, Governo do Estado e Governo Federal.

É uma das mais tradicionais de Dourados e atrai também turistas da região. Na edição do ano passado em torno de 30 mil pessoas passaram pelo Parque Primo Vicente.

A parte cultural terá shows, eventos esportivos e praça de alimentação. Haverá ainda feira de produtos hortifrutigranjeiros e da economia solidária.

A proposta do prefeito Murilo é fazer uma festa tão bonita como as dos últimos anos, porem agregando ainda mais opões para a família.

A grande atração da festa é o torneio de pesca. Milhares de pessoas se aglomeram ao redor do lado tentando fisgar o maior exemplar de peixe. A pesca acontece por categoria, infantil, parapesca, e adulto e a premiação para os melhores pescadores é muito boa. (Da Assessoria).