Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3073 8748984 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3169 9264864 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3073 8748984 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3169 9264864 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3073 8748984 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3169 9264864 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401160 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401432 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3073 8748984 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3169 9264864 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Peixes para a 12ª Festa de Dourados já estão nos lagos dos Parques Rego D`Água e Antenor Martins

Peixes para a 12ª Festa de Dourados já estão nos lagos dos Parques Rego D`Água e Antenor Martins

 

festa-peixe-soltura-2003 01

Peixes para o torneio foram soltos no Parque Primo Vicente, no Grande Água Boa, e para a pesca livre no Parque Antenor Martins (Foto: A. Frota /Assecom).

A Prefeitura de Dourados fez, no fim de semana, a soltura dos peixes das espécies pacu e tilápia, que serão utilizados para o torneio de pesca no Parque Ambiental Primo Vicente Fioravante (Rego D´Água), no Grande Água Boa, e para a pesca livre no Parque Ambiental Antenor Martins, no Jardim Flórida.

É mais uma ação preparativa para a 12ª Festa do Peixe, que acontece na semana que vem, entre os dias 23 (quarta-feira) e 27 (domingo). Nesta semana passada a Semsur (Secretaria de Serviços Urbanos) e o Imam (Instituto de Meio Ambiente) realizaram os últimos preparativos também para deixar os dos parques limpos e bonitos para a população.

A soltura dos peixes aconteceu na sexta-feira pela manhã, com colocação nos lagos do pacu, e no sábado pela manhã, foi a vez da tilápia.

O prefeito Murilo não pode participar, pois estava em compromisso fora da cidade. Os secretários Elizabeth Salomão (Desenvolvimento Econômico Sustentável) e Landmark Ferreira Rios (Agricultura Familiar e Economia solidária) coordenaram os trabalhos e receberam as autoridades e parceiros.

De acordo com a secretária Elizabeth foram soltos nos três lagos 1.700 quilos de peixes de vários tamanhos das duas espécies. O torneio de pesca acontece nos dois lagos do Parque Primo Vicente. Já no Parque Antenor Martins haverá apenas pesca livre de sexta-feira a domingo.

“Vai ser uma festa muito bonita, com o torneio de pesca, atrações culturais todas as noites, uma bem montada praça de alimentação, eventos esportivos e venda de peixes. Uma festa que vai marcar este último ano dessa gestão do prefeito Murilo”, ressalta Elizabeth. “Tudo está sendo preparado com muito carinho e será mais um grande evento, com sucesso de público; temos certeza”, acrescenta.

Já o secretário Landmark destaca a promoção da piscicultura e o incentivo aos produtores rurais. “Todo o peixe solto nos lagos ou o comercializado é comprado de produtores de Dourados. Além do mais a venda de peixe na festa incentiva o habito do consumo dessa carne e ajuda a fortalecer o setor”, destacou.

Na feira do peixe, no Parque Primo Vivente, a Prefeitura pretende colocar à venda em torno de 20 toneladas de peixes das espécies pacu, pintado e tilápia. 12 produtores já foram selecionados para fornecer os peixes, que serão abatidos em frigoríficos e irão resfriados para a venda no parque.

Já as inscrições para o torneio de pesca podem ser feitas na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, na Avenida Weimar G. Torres, 1680-B, ao lado do Edifício Adelina Rigotti (Prédio das Araras), das 7h30 às 13h30, ou no prédio administrativo do Parque Primo Vicente, das 7h às 17h.

 

Exemplo

O Superintendente Federal de Pesca e Aquicultura do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário) no Estado, Luiz David Figueiró, participou da soltura de peixes na sexta-feira. Ele disse que Dourados é um exemplo para o setor de piscicultura do Estado, que deve ser seguido por todos os municípios.

“Dourados é uma demonstração clara de que com a união de esforços entre produtores, poder público e órgãos de pesquisa a piscicultura dá certo”, afirma. Ele disse que o Ministério da Agricultura e Pecuária, onde está inserida a Superintendência de Pesca, está presente em Dourados com projetos, financiamento e apoio à pesquisa.

Sobre a Festa do peixe, Figueiró destacou que ela vai além do caráter de entretenimentos para a população, incentivando ao mesmo tempo o consumo de peixes pelas famílias, e apoiando os produtores, que fornecem o peixe para a venda e também para a pesca nos lagos.

A festa é promovida pela Prefeitura de Dourados, organizada pela Semdes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável) e Semafes (Secretaria de Agricultura Familiar e Economia Solidária), com apoio da Secretaria de Cultura, Funed, Secretaria de Serviços Urbanos, Secretaria de Obras e Imam. Os parceiros são a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), MS-Peixe, Apropeixe, Ministério Público Estadual, UFGD, Embrapa Agropecuária Oeste, Sebrae/MS, Governo do Estado e Governo Federal (Mapa/Superintendência de Pesca em MS).