Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4950 36040720 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5085 36983464 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4950 36040720 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5085 36983464 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4950 36040720 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5085 36983464 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4950 36040720 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5085 36983464 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Novo PCCR deve beneficiar 1,7 mil servidores municipais em Dourados

Novo PCCR deve beneficiar 1,7 mil servidores municipais em Dourados

 

Câmara começa a apreciar projeto de PCCR encaminhado pelo Executivo na semana passada

Câmara começa a apreciar projeto de PCCR encaminhado pelo Executivo na semana passada

A Câmara de Vereadores de Dourados deve iniciar na próxima segunda-feira (21) a votação do projeto de lei, de autoria do Poder Executivo, que implanta PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) que beneficia aproximadamente 1.700 servidores municipais. O projeto tem o objetivo de valorizar o servidor público por meio de estruturação de carreira, oferecendo aumento gradativo na remuneração, proporcionalmente à elevação do grau de instrução do servidor.

O PCCR precisa ser aprovado e publicado até o dia primeiro de abril e implantada até primeiro de junho, já que se trata de um ano de eleições. Pela primeira vez, os benefícios de progressão de carreira concedidos aos servidores administrativos da administração geral estão sendo estendidos aos servidores da Secretaria de Educação.

A proposta foi aprovada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais no dia 4 de março e está atendendo o que é possível dentro dos limites quanto ao aumento das despesas com o pessoal. “Pessoas que lutam para ter uma formação e passar em um concurso público merecem respeito. Acredito que toda a categoria abrangida participou de forma efetiva para a elaboração desse projeto, entretanto, caso alguém queira conferir se não houve nenhuma alteração, o mesmo está à disposição no meu gabinete, podendo ser copiado em pendrive para nova leitura”, disse  a vereadoraVirginia Magrini.