Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4805 36532912 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37486888 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4805 36532912 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37486888 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4805 36532912 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37486888 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4805 36532912 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37486888 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

MS vai construir 2 mil casas do Minha Casa, Minha Vida em 2018

MS vai construir 2 mil casas do Minha Casa, Minha Vida em 2018

 

 Caixa Econômica Federal vai repassar mais R$ 10 milhões ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul para a construção de 2 mil unidades habitacionais

Caixa Econômica Federal vai repassar mais R$ 10 milhões ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul para a construção de 2 mil unidades habitacionais

A Caixa Econômica Federal vai repassar mais R$ 10 milhões ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul para a construção de 2 mil unidades habitacionais no programa Minha Casa, Minha Vida.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (23), em um aditivo de um termo de compromisso firmado entre a Caixa Econômica Federal e a Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul).

O termo, assinado em outubro do ano passado, previu o repasse de R$ 20 milhões para a Agehab, para construção de 500 casas em 2018. Agora, o termo recebeu o aditivo de R$ 10 milhões, expandindo em mais 1,5 mil o número de casas a serem construídas neste ano.  Segundo a publicação, o repasse ocorreu por solicitação e manifestação jurídica da diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopes. O novo repasse foi assinado ainda no dia 26 de janeiro.

Os recursos partirão do FAR (Fundo de Arrecadamento Residencial), gerido pela Caixa. O fundo é uma medida para atender o déficit habitacional urbano de famílias com renda de até R$ 1.6 mil, segundo informações da Caixa.