MS cria 917 vagas de trabalho, melhor resultado em 3 anos

MS cria 917 vagas de trabalho, melhor resultado em 3 anos
Construção civil foi um dos destaques na geração de empregos no Estado

Construção civil foi um dos destaques na geração de empregos no Estado

Mato Grosso do Sul fechou setembro com saldo de 917 vagas formais de trabalho, de acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta quinta-feira (17) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. É o melhor resultado para o mês dos últimos três anos.

Neste período foram 19.899 contratações registradas e 18.982 desligamentos. O setor que mais contribuiu para o resultado positivo foi à agropecuária, com 342 novas vagas. Também apresentaram índices animadores extrativismo mineral (18), indústria de transformação (45), construção civil (150), comércio (249), serviços (118) e administração pública (3).

O único que setor que andou na contramão foi de serviço industrial de utilidade pública, com saldo de -8.

O Estado acumula saldo de 19.170 vagas formais no ano, com 199.022 admissõess e 179.852 desligamentos. Nos últimos 12 meses, foram criados 9.049 postos de trabalho em Mato Grosso do Sul (252.162 contratações e 243.113 desligamentos).

Campo Grande fechou o mês de setembro com saldo de 231 vagas. No 9º mês do ano 8.066 trabalhadores foram contratados e 7.835 desligados. O saldo no ano é de 3.429 vagas. Nos últimos 12 meses são 3.005 novas oportunidades.

Dourados, segundo maior município do Estado, encerrou setembro com 352 novos postos de trabalho formal. Em Três Lagoas, foram 50 novas vagas, enquanto Corumbá fechou o período com somente quatro vagas a mais.