Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3370 8983576 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3493 9485376 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3370 8983576 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3493 9485376 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3370 8983576 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3493 9485376 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3370 8983576 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3493 9485376 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Ministério do Turismo inicia pesquisa para identificar perfil do turista nacional

Ministério do Turismo inicia pesquisa para identificar perfil do turista nacional

 

A metodologia da pesquisa a ser implementada em 2018, com coleta de dados por Painel, é pioneira no Brasil. (Imagem: Blog Gazin).

A metodologia da pesquisa a ser implementada em 2018, com coleta de dados por Painel, é pioneira no Brasil. (Imagem: Blog Gazin).

Entender o perfil do viajante brasileiro e obter, assim, informações que auxiliem a formulação de políticas públicas de estímulo ao setor de viagens no país. Esse é o objetivo de uma pesquisa que o Ministério do Turismo irá fazer com moradores de 137 municípios brasileiros (confira a lista completa). O processo será dividido em duas etapas: cadastro de pessoas interessadas em participar e, posteriormente, aplicação do questionário com as perguntas definidas pela Pasta. A primeira fase terá início esta semana e tem como meta cadastrar 30 mil domicílios.

Caberá à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), realizar as ligações para as residências de municípios selecionados – 27 capitais e outras 110 cidades – para coletar informações sobre as viagens realizadas nos últimos 12 meses e identificar os interessados em participar da pesquisa de Demanda Doméstica a ser iniciada no primeiro trimestre de 2018. A seleção dos municípios foi feita a partir de uma amostra aleatória que buscou ampliar a representatividade da pesquisa.

A metodologia da pesquisa a ser implementada em 2018, com coleta de dados por Painel, é pioneira no Brasil para o monitoramento da atividade turística. Com ela será possível obter resultados da movimentação dos fluxos de turistas e dos seus gastos entre as diferentes regiões do País. O último levantamento de turismo doméstico foi realizado em 2011.

“Temos um enorme potencial de turismo doméstico e queremos avançar para garantir que cada vez mais brasileiros possam viajar pelo seu país. Para isso, precisamos entender o comportamento desses turistas: o que desejam, destinos preferidos e atividades mais procuradas”, explicou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Em abril, o governo federal lançou o Brasil + Turismo, pacote de ações para impulsionar o turismo no país. Uma das metas é chegar, em 2022, a 100 milhões de viajantes domésticos, ante os 60 milhões registrados atualmente.