Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402240 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403744 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4815 36535448 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37489424 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402240 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403744 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4815 36535448 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37489424 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402240 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403744 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4815 36535448 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37489424 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402240 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403744 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4815 36535448 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4945 37489424 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

LEILÃO RIBALTA É O MELHOR DO PAIS

LEILÃO RIBALTA É O MELHOR DO PAIS

 

Ribalta, Ricardo Carvalho Filho, até o momento, este é considerado o melhor leilão do país. (Foto: Divulgação).

Ribalta, Ricardo Carvalho Filho, até o momento, este é considerado o melhor leilão do país. (Foto: Divulgação).

Os leilões foram alguns dos destaques da 54ª Expoagro, realizada de 11 a 20 de maio em Dourados, no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho. Somente o Leilão Ribalta movimentou mais de R$ 2 milhões, atingindo a maior média nacional na comercialização de reprodutores nelore, com valor de R$ 20.480,00 para cada animal. Com participação expressiva, o evento foi considerado um sucesso.

De acordo com o promotor do Leilão Ribalta, Ricardo Carvalho Filho, até o momento, este é considerado o melhor leilão do país, por conta da valor médio atingido na venda dos animais. “Foram cerca de 90 lotes de reprodutores de nelore. Para Dourados, isso é muito importante, pois mostra a força da pecuária na região”, comenta.

Os demais leilões movimentaram cerca de R$ 5 milhões e atraiu produtores de todo o país de regiões como São Paulo, Minas Gerais, Tocantins, Paraná e norte do Mato Grosso. No total, foram mais de 600 bovinos ofertados, incluindo gado de corte, touros e matrizes de Nelore PO (Pura Origem).

A programação técnica da Expoagro também foi destaque, com mais de 90 palestras, dias de campo, simpósios e oficinas voltados a produtores rurais e profissionais da área. Somente os dias de campo do Projeto Fazendinha reuniram em torno de 900 produtores, que aproveitaram as estações tecnológicas para receber capacitação em diversas áreas. Os shows musicais também tiveram grande sucesso junto ao público, atraindo visitantes de toda a região.

 

Sobre a Expoagro

 

A 54ª Expoagro é realizada pelo Sindicato Rural de Dourados em parceria com Daniel Freitas e João Paulo Paz, organizada pelo Grupo Sato e conta com o patrocínio da cervejaria Devassa, Governo de Mato Grosso do Sul, Prefeitura Municipal de Dourados, São Bento incorporadora, Caixa, Senar/MS e Unigran com o apoio do Sicredi e tem a parceria da Aced – Associação Comercial e Empresarial de Dourados, da Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS -, e do  Hotel Ibis e Hotel 10.