Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4770 35005456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4902 35912496 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4770 35005456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4902 35912496 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4770 35005456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4902 35912496 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403984 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4770 35005456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4902 35912496 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Governo de Mato Grosso do Sul vai criar mais um festival, o da Carne, que será em Campo Grande

Governo de Mato Grosso do Sul vai criar mais um festival, o da Carne, que será em Campo Grande

 

Proposta é reunir a cadeia da carne para discussões sobre produção e mercado e ao mesmo tempo promover o turismo

 

Participantes do Festival de Inverno de Bonito se divertem conhecendo as belezas naturais do lugar. (Foto: Daniel Grandville/Fundtur-MS).

Dênes de Azevedo

Nelson Cintra, presidente da Fundtur-MS (Fundação de Turismo de MS) tem dito em entrevistas que Mato Grosso do Sul vai ter mais  um festival internacional, desta vez o da carne, a ser realizado em Campo Grande.

É o terceiro festival de grande porte do Estado, que já tem o Corumbá (Festival América do Sul Pantanal) e o Bonito (Festival de Inverno). A proposta é reunir a cadeia da carne em nível mundial no Estado para discutir tecnologia de produção, industrialização e mercado. Seria ao mesmo tempo um evento de turismo de negócios e eventos.

O Festival de Inverno de Bonito chega este ano à 17ª edição. Já se consolidou como um dos mais importantes festivais de Mato Grosso do Sul. A programação contém música, teatro, dança, gastronomia e visitação a um dos locais turísticos mais bonitos do mundo.

O Festival América do Sul Pantanal está na sua 12ª edição. No ano passado mais de 400 artistas se apresentaram em diversas áreas, como artesanato, artes plásticas, fotografias, oficinas, música, dança e teatro. Ao mesmo tempo se divertem nos empreendimento de turismo rural e de pesca de Corumbá.

Em Dourados há quatro anos acontece o Festival Gastronômico, porém menor, voltado especificamente para área de alimentação. Mesmo assim, o festival tem atraído bastante turistas da região.

 

TURISMO RURAL

A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul apresentou na feira agropecuária Show Rural Coopavel 2016, os atrativos do turismo sul-mato-grossense.

O Turismo rural permite ao turista um contato direto e genuíno com a natureza, a agricultura e as tradições locais, através da hospitalidade privada em ambiente rural e familiar.  O segmento reúne produção agropecuária, agrega valor a produtos, resgata e promove o patrimônio cultural e natural da comunidade. Na maioria das propriedades é a própria família que recebe os hóspedes interessados em fugir da rotina estressante da cidade e conhecer roteiros ecológicos.

Em Mato Grosso do Sul, o turismo rural está presente em algumas regiões do Estado, especialmente no Pantanal. Num cenário onde a valorização do desenvolvimento sustentável reflete em todos os âmbitos da atividade produtiva relacionada com a utilização dos recursos naturais, cresce o interesse dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul pela modalidade turística como alternativa de diversificação econômica. (Com Assessoria da Fundtur MS).