Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3046 8740864 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3149 9256744 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3046 8740864 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3149 9256744 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3046 8740864 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3149 9256744 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401096 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401368 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3046 8740864 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3149 9256744 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Empresários de MS viajam para a maior feira para a indústria têxtil das Américas

Empresários de MS viajam para a maior feira para a indústria têxtil das Américas

 

 

Um grupo de 20 empresários, de Campo Grande e Dourados, viaja a Blumenau-SC no início do próximo mês para participar da 15ª edição da Febratex, considerada a maior feira para a indústria têxtil das Américas. O evento acontece de 09 a 12 de agosto, das 14 às 21 horas, no Parque Vila Germânica/PROEB.

Com foco na inovação tecnológica para o setor, a Febratex reunirá mais de 2,4 mil marcas, nacionais e internacionais, para intercâmbio de informações e realização de negócios. Na última edição, a feira bianual recebeu a visitação de cerca de 90 mil profissionais do segmento têxtil e a participação de expositores de mais de 50 países.

A missão técnica integra as ações do projeto “Moda MS”, uma parceria entre Sebrae/MS, Sindivest/MS e Senai. Todos os participantes que embarcam à região sul do país são proprietários de indústrias têxteis que já aderiram ao projeto.

“Nosso papel é dar apoio à indústria de confecção do estado”, destaca José Francisco Veloso Ribeiro, presidente do Sindivest (Sindicato das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul) e do Compem (Conselho Temático Permanente da Micro e Pequena Empresa Industrial) da Fiems (Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul).

 

confeccao

Com foco na inovação tecnológica para o setor, a Febratex reunirá mais de 2,4 mil marcas. (Foto: Divulgação).

 

 

MODA MS

O projeto Moda MS teve início no ano passado e segue até o fim de 2017. A iniciativa inclui diagnóstico da loja, treinamentos e consultorias com especialistas renomados do cenário nacional, com foco em tendências, produtos e serviços do varejo da Moda.

Segundo Veloso, o trabalho articulado das instituições e a participação dos empresários melhora a competitividade do setor no estado. “As soluções garantem melhorias no desenvolvimento de produtos e na gestão, além de auxiliar na busca por novos mercados, tecnologias e tendências”, afirma.

 

Serviço

A missão técnica da Febratex foi restrita a integrantes do “Moda MS” e já está com número de vagas preenchidas. Porém, os interessados em aderir ao projeto em geral, que prevê diversas ações para os próximos meses, podem entrar em contato através do email Missão Febratex. (Da Fiems).