Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402576 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404128 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4856 35003112 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4998 35910152 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402576 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404128 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4856 35003112 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4998 35910152 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402576 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404128 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4856 35003112 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4998 35910152 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402576 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404128 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4856 35003112 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4998 35910152 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Em MS, 42 mil vão receber R$ 55 milhões de restituição no dia 30

Em MS, 42 mil vão receber R$ 55 milhões de restituição no dia 30

receita-federal

A Receita Federal vai devolver R$ 55,1 milhões 41.956 contribuintes de Mato Grosso do Sul no quinto lote de restituição de 2020, que teve a consulta liberada hoje.  É o último lote deste ano, quando o governo decidiu mudar o calendário e fazer as liberações em menos tempo.

Dos contribuintes contemplados, 40.4 mil vão receber restituição da prestação de contas feita este ano á Receita. Há beneficiados também de declarações retidas nos anos de 2019, 2018 e 2017.

Regras – As restituições ficarão disponíveis no banco durante um ano, caso o contribuinte não retirar o valor nesse período, terá que solicitá-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

As consultas podem ser realizadas através do site da Receita Federal ou pelo telefone 146. Também a Receita oferece um aplicativo para celular e tablets para saber informações sobre a devolução e a situação do cadastro do CPF.

Se o valor não for creditado, o colaborador deverá entrar em contato pessoalmente com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ser agendado o crédito em conta corrente ou poupança, no seu nome, em qualquer outro banco.