Dourados deve ser o 1º de MS a aderir ao Sisb

Dourados deve ser o 1º de MS a aderir ao Sisb

Dourados recebeu a visita da médica veterinária da SFA (Superintendência Federal da Agricultura) do Ministério da Agricultura em Mato Grosso do Sul, Inês Castro da Costa Almeida, para a realização de uma vistoria na estrutura que vem sendo implantada pela prefeitura para adesão ao Sisbi (Sistema Brasileiro de Inspeção) de Produtos de Origem Animal. Com a conquista deste, os produtos douradenses poderão ser comercializado em outras cidades do Estado e país.

Médica Veterinária da SFA/MS recebeu a cópia da legislação municipal do secretário Landmark, durante a 12ª Festa do Peixe

Médica Veterinária da SFA/MS recebeu a cópia da legislação municipal do secretário Landmark, durante a 12ª Festa do Peixe

Inês veio ao município na quarta (23) e quinta-feira (24) verificar tudo o que foi feito pelo município para se adequar às regras necessárias para o Sisbi. A ela foi apresentado o projeto de lei encaminhado pelo executivo em 2015 para a Câmara Municipal de Dourados relacionado ao SIMD (Serviço de Inspeção Municipal). Além disso, a médica vistoriou toda a estrutura implantada que vai desde mobiliário, até capacitação dos responsáveis técnicos que vão atuar no serviço e na fiscalização. Também visitou algumas empresas.

“Eu observei uma grande evolução de 2013 para cá, o serviço avançou bastante na estruturação, desde a capacitação dos técnicos que tem participado ao longo dos últimos anos de todos os treinamentos que o ministério ofereceu, até a sensibilização dos gestores para que o serviço tome forma, com estrutura física, compra de equipamentos, mobiliário para que esses técnicos possam trabalhar”, afirmou a médica veterinária.

A representante do Ministério, ainda afirmou que a expectativa do órgão é de que Dourados seja o primeiro município de Mato Grosso do Sul a aderir ao Sisbi de forma individual. Atualmente só existe um consórcio de municípios do Estado que tem adesão. “A gente entende que Dourados está no caminho certo, com o apoio dos gestores e com a sensibilização dos industriais em acatar e cumprir as exigências”, relatou.

Após a adequação para atender a todos os requisitos do Sisbi, o serviço de inspeção em Dourados será habilitado. Com isso, as empresas que atenderem às exigências poderão receber o selo do Sisbi e, por conseqüência poderão vender seus produtos para outras cidades do Estado e do país. “Nós estamos fazendo todas as adequações necessárias, de todos os nossos técnicos para isso se torne realidade em nosso município”, afirmou o secretário de Agricultura Familiar e Economia Solidária, Landmak Rios.

Uma das primeiras estruturações realizadas foi a transferência do serviço de inspeção municipal da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, para a de Agricultura Familiar e Economia Solidária, justamente para atender às normativas federais de implantação do Sisbi. Dessa forma, há um trabalho conjunto das pastas para adequação dos serviços.

A secretária de Desenvolvimento, Elizabeth Salomão, lembrou que o prefeito Murilo dá todo o suporte para que todas as adequações e transições sejam feitas nessa reestruturação, entendendo o ganho que isso vai proporcionar para o município. “Nós temos ótimos produtos que fazem diferença em nosso Estado, e a partir do Sisb eles poderão ser comercializados com selo para outras cidades, promovendo um incremento para a economia, gerando emprego e renda”, relata Elizabeth. Ela lembra que o serviço atinge vários produtos de origem animal, incluindo produção de mel, laticínios, carne, entre outros.